Foram encontrados 62 resultados para "Política e Cultura":

Ex-ministro da Casa Civil José Dirceu
Ex-ministro da Casa Civil José DirceuFoto: Arthur Mota

O ex-ministro José Dirceu lançará, nesta terça-feira (10), às 19h, na sede da Fetape, seu livro "Zé Dirceu - Memórias Volume I". José Dirceu foi condenado a 23 anos de prisão, mas foi solto pela juíza federal substituta Ana Carolina Bartolomeu Ramos, da 1ª Vara de Execuções Penais de Curitiba, em 8 de novembro do ano passado. A defesa do petista apresentou pedido de liberdade após decisão do Supremo Tribunal Federal revogar a prisão após condenação em segunda instância. 

#
Cavalo marinho Boi PintadoFoto: Divulgação

Foi aprovado nessa quarta-feira (19), no plenário da Assembleia Legislativa de Pernambuco, o projeto de lei de autoria do mandato coletivo das Juntas (PSOL) que institui o dia 29 de junho como o Dia Estadual do Cavalo Marinho. O texto propõe que no dia 29 de Junho poderão ser promovidas atividades de reflexão acerca da importância do brinquedo Cavalo Marinho para a história e cultura de Pernambuco nas escolas públicas, privadas e demais repartições públicas do Estado.

A brincadeira do Cavalo marinho é uma forma de expressão tradicionalmente realizada pelos trabalhadores e trabalhadoras rurais da região da Zona da Mata Norte de Pernambuco durante o ciclo natalino. Trata-se de uma espécie de teatro popular que representa o cotidiano (presente e passado), real e imaginário, deste grupo social brasileiro por meio da poesia, da música, dos rituais e de seus movimentos corporais.
O Cavalo Marinho pode ser considerado como um “teatro-memória”, um elo entre o antigo e o contemporâneo em que a memória coletiva é a grande condutora, na sua forma dinâmica, mutável e seletiva e foi reconhecido como Patrimônio Imaterial Brasileiro no ano de 2014.

O processo de identificação deste bem cultural teve como base o Inventário Nacional de
Referências Culturais (INRC), que foi aplicado pela Associação Respeita Januário (ARJ), com sede em Recife (PE), e abrangeu o estado de Pernambuco e cidades limítrofes da Paraíba, as cidades pernambucanas especificamente, foram Itambé (PE), Camutanga (PE), Ferreiros(PE), São Vicente Ferrier (PE), Condado (PE), Goiana (PE), Aliança (PE), Paulista (PE), Araçoiaba (PE), Lagoa de Itaenga (PE), Passira (PE), Feira Nova (PE) e Glória do Goitá (PE). Logo, a brincadeira é vivenciada nessas regiões e integram o cenário cultural e histórico dessas cidades. 

A importância do Cavalo Marinho é inegável e por isso merece um Dia Estadual para que possa ser sempre referenciado nas atividades do Estado de Pernambuco, bem como faça parte do calendário oficial do Estado.

O PL agora seguirá para a sanção do governador para então tornar-se lei estadual.

Pequeno Manual Prático de Como Não Ser um Babaca no Carnaval ganha versão "Conga la Conga" para combater o machismo e evitar situações como beijo forçado e assédio verbal
Pequeno Manual Prático de Como Não Ser um Babaca no Carnaval ganha versão "Conga la Conga" para combater o machismo e evitar situações como beijo forçado e assédio verbalFoto: Ana Braga - Prefeitura do Recife

"Lança tua braba, mulher, e faz o que quiser" é o recado que Gretchen, a rainha da Internet e do rebolado, traz para o Carnaval do Recife. A gíria "lança tua braba", que saiu das ruas e ganhou as redes, pode se traduzir em "mostra tua atitude". A cantora é a protagonista da quinta edição do Pequeno Manual Prático de Como Não Ser um Babaca no Carnaval, a campanha da Prefeitura do Recife (PCR) voltada para o combate ao assédio contra as mulheres nos dias de folia. A versão "Conga la Conga" do guia chega, primeiro, em formato de videoclipe e foi lançada, nas redes sociais da PCR, nesta quinta-feira (13). A ação é assinada pelo Gabinete de Imprensa, por meio da Presença Digital, em parceria com as Secretarias da Mulher e Turismo e Lazer.

O manual deste ano ressalta a diversidade da cultura recifense, permeada pelo brega-funk e suas expressões, pelo ritmo frenético de Gretchen e sua persona. O propósito é combater o machismo em todas as suas formas e garantir o direito das mulheres de curtirem o Carnaval, reforçando que o consentimento é a medida da diversão e engajando a sociedade no enfrentamento à violência de gênero. Situações como o beijo forçado, a puxada de braço e o assédio verbal são alguns dos pontos lembrados, pelo manual, como violência e até crimes de importunação sexual. Garantida pela Prefeitura do Recife durante todo o ano, a rede de serviços de enfrentamento à violência de gênero também é destaque na campanha.

"Reforçar o combate aos mais diversos tipos de violência contra a mulher é uma ação contínua da Secretaria da Mulher do Recife nas grandes festas. Este ano, nossa ideia é expandir ainda mais essa mensagem, engajar a sociedade e fazer um carnaval cada vez mais seguro para as mulheres", comentou a secretária da Mulher do Recife, Cida Pedrosa.

A criação da campanha contou com uma equipe predominantemente feminina. Na execução do videoclipe, as mulheres dominaram o elenco, a direção, a fotografia, a produção, a coreografia, a maquiagem e o figurino. "A mensagem fica muito mais poderosa quando feita por quem enfrenta o assédio. Por isso, a presença de Gretchen faz todo sentido nessa campanha. Importa muito ela ser a 'rainha da Internet, isso ajuda no alcance. Mas a história dela, as reviravoltas que Gretchen deu na vida é que dão força e propriedade à campanha. É um testemunho de uma mulher que conseguiu vencer a violência e leva isso para sua luta", observa a gerente geral de Presença Digital da PCR, Ana Braga.

Além das versões impressa (para distribuição na Central do Carnaval) e digital (para compartilhamento em redes sociais), o manual conta com videoclipe, spot para rádio, conteúdo para WhatsApp, gifs e memes. Conhecido internacionalmente, o Pequeno Manual de Como Não Ser um Babaca no Carnaval faz parte ainda dos Kits do Folião, entregues pela Secretaria municipal de Turismo e Lazer aos turistas que chegarão para a folia de Momo.

Confira o vídeo da campanha:

Estandarte da Troça Sapo Barbudo
Estandarte da Troça Sapo BarbudoFoto: Társio Alves/Divulgação

Pelo terceiro ano consecutivo o Partido dos Trabalhadores coloca nas ruas, no próximo sábado (15), Em Olinda, os blocos “Sapo Barbudo”, “Bovoá com Elas” e “Feitiço da Estrela”. Os blocos são a expressão criativa da militância de Pernambuco que aproveita a movimentação do Carnaval para fazer a defesa da inocência do Lula de um jeito alegre e contagiante sem deixar de denunciar as arbitrariedades às quais o ex-presidente foi submetido.

O encontro dos blocos acontecerá na Praça do Carmo, partir das 14h, de onde os foliões e foliãs sairão ao ritmo do frevo espalhando alegria pelas ladeiras históricas. A exemplo do que aconteceu nos anos anteriores, a expectativa é mais uma vez fazer ecoar pelas ruas de Olinda uma multidão gritando Olê olê olê olá, Lula Lula!

“Antes de ser um momento de folia, esse encontro leva a mensagem da inocência de Lula e evidencia a nossa luta para restabelecer a democracia em nosso país. Nesse sábado de pré-carnaval, esperamos a mesma receptividade que tivemos de público nos últimos dois anos quando as ladeiras de Olinda ficaram lotadas”, afirma a secretária de Cultura do PT de Pernambuco, Teresa Huang.

No local haverá venda de camisas e canecas do Comitê Lula Livre.

Festival Internacional de Literatura Infantil de Garanhuns foi chancelado pela Secretaria Especial de Cultura pelo bom uso da Lei Federal de Incentivo à Cultura
Festival Internacional de Literatura Infantil de Garanhuns foi chancelado pela Secretaria Especial de Cultura pelo bom uso da Lei Federal de Incentivo à CulturaFoto: Divulgação

O Festival Internacional de Literatura Infantil de Garanhuns, projeto genuinamente pernambucano, ganhou chancela nacional da Secretaria Especial de Cultura. A pasta, vinculada ao Ministério da Cidadania, ressaltou a importância do Filig como agente fomentador de conhecimento, por meio da leitura, na cidade e no Agreste de Pernambuco.

Realizado pela Ferreira Costa, idealizadora da iniciativa junto com a Proa Marketing Cultural e Projetos, o Festival já integra a programação anual de Garanhuns. Em 2019, ele chegou à quinta edição contabilizando a participação de mais de 4,8 mil pessoas, entre crianças e adultos. “É um reconhecimento que considera a idoneidade do trabalho, o comprometimento com o resultado e aplicação transparente e consciente dos recursos”, avalia Camila Bandeira, diretora da Proa.

No ano passado, o Filig captou R$ 400 mil pela Lei Federal de Incentivo à Cultura. Ele também conta com o apoio da Prefeitura de Garanhuns, através da Secretaria de Educação, Sesc Garanhuns e Universidade Federal Rural de Pernambuco – Unidade Acadêmica de Garanhuns. “Quanto mais a lei puder incentivar esses projetos, quanto mais nós pudermos, nós vamos fazer, porque é de interesse nacional que nós tenhamos esses valores traduzidos em leitura, em novos leitores, resgatando a memória do nosso povo, mantendo as suas identidades, fazendo com que isso se perpetue”, afirma o secretário de Fomento e Incentivo à Cultura da Secretaria Especial da Cultura, Camilo Calandreli.

O Filig tem culminância sempre no mês de outubro, mas acontece durante o ano com a proposta de manter viva a importância da leitura na formação de cidadãos e da valorização da ancestralidade. Mais que isso, contribui para o fortalecimento dos profissionais que atuam na área. Assim, nos meses que antecedem o Festival, o projeto realiza ações – todas elas gratuitas - na cidade e áreas vizinhas. São seminários temáticos para professores, universitários, bibliotecários e contadores de histórias; caravanas em comunidades rurais e quilombolas com atividades literárias e culturais; e doação de livros relacionados ao tema da edição para instituições de ensino da rede pública.

“Essa é uma etapa importante porque vai além da formação de público e da movimentação pontual na cidade. É um legado que deixamos após o encerramento de cada edição e que permite que o cultivo da leitura permaneça vivo”, defende Maria Chaves, também diretora da Proa. Durante os dias de realização, o Festival, gratuito, reúne famílias, jovens e adultos em atividades diversas e com a presença de nomes de escritores e ilustradores referenciados no campo literário nacional e internacional. Na programação, estão oficinas formativas para crianças e professores, conversa com autores, exposições, apresentações de espetáculos e musicais, sessões de leitura aberta, entre outras.

flig


Roberto Alvim, secretário de Cultura do Governo Federal
Roberto Alvim, secretário de Cultura do Governo FederalFoto: Reprodução / Youtube

Vários políticos se posicionaram contra o vídeo publicado na noite desta quinta-feira (16), pelo secretário de Cultura do Governo Federal, Roberto Alvim, onde ele copia um discurso do ministro de Propaganda da Alemanha nazista para anunciar um Prêmio de Arte.

Líder do Solidariedade, o deputado Augusto Coutinho (SD) classificou como "inaceitável" a declaração do secretário da Cultura Roberto Alvim e repudiou qualquer ação totalitarista do Estado brasileiro. Coutinho se manifestou via Twitter.

"Assisti com preocupação o vídeo no qual o min. Roberto Alvim se atém a retóricas nazistas. Postura inaceitável e que repudio. Ao Estado cabe dar subsídios para o desenvolvimento da cultura, apoiando e respeitando a pluralidade e jamais sob linhas autoritárias ou totalitaristas", postou.

Já o deputado federal Tadeu Alencar, líder do PSB na Câmara, declarou-se “estarrecido” com o discurso. “Apoio integralmente as palavras do presidente da Câmara, Rodrigo Maia: não há outra saída que não a demissão deste secretário, que já deu provas sobejas de inadequação ao cargo de dirigente máximo da Cultura do País. E defendo que ele deve ser convocado pela Casa para se explicar”, assinalou.

Tadeu, que é também presidente da Frente Parlamentar Mista em Defesa do Cinema e do Audiovisual Brasileiros, lembrou outra polêmica envolvendo Alvim, quando este agrediu a atriz Fernanda Montenegro, chamando-a de “sórdida”, o que levou a Frente a promover uma sessão de desagravo a uma das principais atrizes brasileiras, do cinema, do teatro e da televisão.

“O trecho citado é cristalino e consta da biografia do auxiliar de Hitler. Se foi ‘apenas uma coincidência’, fica patente que é grande a identificação filosófica entre Alvim e Goebbels e, por consequência, deste com o pensamento do governo Bolsonaro”, concluiu o líder socialista.

Confira:

twitter

Roberto Alvim, secretário de Cultura do Governo Federal
Roberto Alvim, secretário de Cultura do Governo FederalFoto: Reprodução / Youtube

Um vídeo do secretário da Cultura do Governo Federal, Roberto Alvim, publicado na página oficial da Secretaria Especial da Cultura, na noite desta quinta-feira (16), tem provocado debate e repúdio nas redes sociais devido ao seu teor. Para anunciar o lançamento do Prêmio Nacional das Artes, Alvim copia trechos de um discurso do ministro da Propaganda da Alemanha Nazista, Joseph Goebbels, proferido para diretores de teatro durante o regime de Hitler.

A trilha sonora escolhida pelo secretário também chamou atenção. A ópera "Lohengrin", de Richard Wagner. Em sua autobiografia, Hitler afirmou ter sido esta obra decisiva em sua vida.As referências ao nazismo logo foram rechaçadas nas redes sociais, minutos depois da publicação e continua rendendo comentários indignados dos internautas. Roberto Alvim já havia se envolvido em outra polêmica ao oender a atriz Fernanda Montenegro em seu perfil.

Compare trecho dop pronunciamento com o discurtso de Goebles:

"A arte alemã da próxima década será heróica, será ferreamente romântica, será objetiva e livre de sentimentalismo, será nacional com grande pathos e igualmente imperativa e vinculante, ou então não será nada", Joseth Goebbles, ministro de cultura e comunicação de Hitler.

"A arte brasileira da próxima década será heroica e será nacional. Será dotada de grande capacidade de envolvimento emocional e será igualmente imperativa, posto que profundamente vinculada às aspirações urgentes de nosso povo, ou entãpo não será nada", afirmou Alvim no vídeo postado nas redes sociais", Roberto Alvim, secretário de Cultura do Governo Federal.

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ) reagiu com firmeza ao vídeo e usou o twitter para repudiar o discurso e pedir a exoneração de RobertoAlvim. "O secretário de Cultura passou de todos os limites. É inaceitável. O governo brasileiro deveria afastá-lo urgente do cargo".

nazi


Confira o vídeo:

João Cabral de Melo Neto (1920 - 1999)
João Cabral de Melo Neto (1920 - 1999)Foto: Divulgação

O Blog da Folha presta homenagem ao centenário de João Cabral de Melo Neto com um trecho do livro "O cão sem plumas", que marca a entrada de Pernambuco na obra do escritor.

(...)
"Sabia dos caranguejos
de lodo e ferrugem.
Sabia da lama
como de uma mucosa.
Devia saber dos polvos.
Sabia seguramente
da mulher febril que habita as ostras.

Aquele rio
jamais se abre aos peixes,
ao brilho,
à inquietação de faca
que há nos peixes.
Jamais se abre em peixes.

Abre-se em flores
pobres e negras
como negros.
Abre-se numa flora
suja e mais mendiga
como são os mendigos negros.
Abre-se em mangues
de folhas duras e crespos
como um negro.

Liso como o ventre
de uma cadela fecunda,
o rio cresce
sem nunca explodir.
Tem, o rio,
um parto fluente e invertebrado
como o de uma cadela.

E jamais o vi ferver
(como ferve
o pão que fermenta).
Em silêncio,
o rio carrega sua fecundidade pobre,
grávido de terra negra.

(...)

Belo Xis e Gerlane Lops são os homenageados do Carnaval do Recife 2019
Belo Xis e Gerlane Lops são os homenageados do Carnaval do Recife 2019Foto: Andrea Rego Barros/PCR

Um encontro com grandes sambistas vai acontecer no plenário da Câmara Municipal do Recife, nesta segunda-feira (2), às 18h, em comemoração ao Dia Nacional e Municipal do Samba. O vereador Hélio Guabiraba (Sem partido) convocou uma sessão solene com o objetivo de entregar uma honraria a quem incentiva o gênero musical.

Entre os homenageados, Belo x e Gerlane Lops, que foram os homenageados do Carnaval do Recife neste ano, além de nomes conhecidos como Wellington do Pandeiro, Bia Villa-Chan, Carla Rio, Dinah, diversas bandas como a Patusco, escolas de samba como a Limonil e agremiações.

O vereador Hélio Guabiraba ressaltou que durante o seu mandato vem incentivando a cultura como um todo. “O samba é um gênero que representa grande parte da riqueza cultural e precisamos sempre buscar uma forma de valorizar os sambistas. Será uma noite muito memorável onde todos estão convidados a participarem”, destacou.

Entre os que irão compor a mesa de honra estão o presidente da Fundação de Cultura da Cidade do Recife (Fundarpe), Diego Rocha; o presidente da Federação das Escolas de Samba de Pernambuco (Fesape), Rafael Nunes; o secretário-executivo de Cultura da Prefeitura do Recife, Sílvio Dantas, além de Jô Mazzarolo, diretora de jornalismo da emissora em Pernambuco.

Manuela d'Ávila fará uma noite de autógrafo nesta quinta (12), às 19h, no Shopping Tacaruna
Manuela d'Ávila fará uma noite de autógrafo nesta quinta (12), às 19h, no Shopping TacarunaFoto: Reprodução / Instagram

A ex-candidata a vice presidente, Manuela d'Ávila (PCdoB) estará no Recife para uma noite de autógrafos de lançamento de seu livro intitulado "Por que Lutamos - Um livro sobre amor e liberdade", nesta terça-feira (12), às 19h, na Livraria Leitura do Shopping Tacaruna. 

"O livro versasobre feminismo. Através do olhar amoroso, da acolhida generosa, do entendimento de que este é um assunto de todas, todos, todxs nós. Não pretende ser uma bíblia do feminismo, mas sim, uma conversa, um abraço, um ponto de apoio, um boas-vindas pra quem acaba de chegar, um “que bom que você está aqui” pra quem já anda cansada de lutar. Escrito em tom de conversa, traz referências, sugere reflexões, desfaz o medo. Sin perder la ternura", escreve a autora na sinopse.

Os interessados podem adquirir o livro autografado pelo site www.esefossevc.com.br.

manu

Crédito: Reprodução / Instagram

 

assuntos

comece o dia bem informado: