Foram encontrados 39 resultados para "Caruaru":

Prefeita Raquel Lyra entregou mais imóveis do PNHR aos moradores da zona rural de Caruaru
Prefeita Raquel Lyra entregou mais imóveis do PNHR aos moradores da zona rural de CaruaruFoto: Divulgação

Muitas famílias da zona rural de Caruaru terão um Natal ainda mais especial: com a entrega das casas do Programa Nacional de Habilitação Rural (PNHR), a realidade mudou. São 168 imóveis novos proporcionando conforto e segurança aos moradores. Nesta última quarta-feira (11), mais oito residências foram entregues no 3° distrito.

Pessoas como a agricultora Helena Ferreira dos Santos, que vivia em uma casa com estrutura simples, e agora realiza um sonho. "Eu nunca imaginei que ia ganhar uma riqueza desta. Estou muito alegre. Peço a Deus que me dê saúde para eu morar muitos anos aqui", disse.

A prefeita Raquel Lyra esteve em todas as entregas e fez um breve balanço sobre o PNHR. "Este ano passamos por muitos sítios e conhecemos muitas histórias. É uma alegria poder ter trabalhado todo este tempo. Casas que são entregues a pessoas que trabalharam, batalharam a vida toda sonhando com um pedaço de chão para morar, e que não conseguiriam ter de outra forma senão pelo poder público", destacou.

Ao final do programa, 416 casas serão construídas. O PNHR foi criado pelo Governo Federal no âmbito do Programa Minha Casa Minha Vida, através da Lei 11.977/2009, com a finalidade de possibilitar ao agricultor familiar, trabalhador rural e comunidades tradicionais o acesso à moradia digna no campo, seja construindo uma nova casa, reformando, ampliando ou concluindo uma já existente.

Solicitação da agenda foi requerida pelo vereador Marcelo Gomes (PSB)
Solicitação da agenda foi requerida pelo vereador Marcelo Gomes (PSB)Foto: Divulgação

Conforme anunciado em outubro, a Câmara de Vereadores de Caruaru realizará uma audiência pública nesta quarta-feira (04), às 9h, para discutir o fortalecimento do Banco do Nordeste (BND), o Fundo Constitucional de Financiamento (FNE) e o papel desenvolvido pela instituição bancária para o desenvolvimento do Brasil. O requerimento é do parlamentar Marcelo Gomes (PSB), em atendimento a um pleito da Associação dos Funcionários do Banco do Nordeste do Brasil (AFBNB) sobre a possibilidade de privatização do banco.

“Nosso gabinete foi procurado por Flávia Araújo Bandeira, representante em Caruaru da AFBNB, que nos deixou informados sobre a real situação dos funcionários do BNB. A instituição bancária vem sofrendo com processos de sucateamento e desmonte, trazendo prejuízos não só econômicos para a Região Nordeste, onde a instituição aplica seus projetos e investimentos, e de incertezas para seus funcionários, que tem seus empregos ameaçados com desinvestimentos”, justifica o vereador Marcelo Gomes. A presença da presidente da AFBNB, Rita Josina Feitosa, é esperada para a audiência.

A defesa do FNE também faz parte da pauta. “A preocupação aumenta diante do cenário de ameaças e de projetos de lei que objetivam compartilhar os recursos dos Fundos Constitucionais com outros órgãos, inclusive de categoria privada, em total desacordo com o que está contido na Constituição Federal, onde consta que o FNE deve ser gerido e operacionalizado exclusivamente pelo BNB e os respectivos recursos serem direcionados de forma exclusiva para as atividades produtivas em que o banco atua”, ressalta o parlamentar. O FNE é a maior fonte de recursos da instituição, responsável por mais de 70% de todas as suas aplicações.

Marcelo Gomes ainda destacou a importância do BNB e as iniciativas da AFBNB pela preservação do banco. “O BNB tem grande atuação na ação creditícia voltada para o desenvolvimento da Região Nordeste, de Pernambuco, e, especificamente, de Caruaru, onde mantém uma agência e presença física nas diversas localidades para o atendimento da demanda local. A AFBNB vem desempenhando ações que envolvem documentos, seminários, mobilizações, discussões internas e interlocução junto aos diversos órgãos de governo em todas as esferas. Queremos que nossa Casa Legislativa faça parte desse diálogo para que a instituição, os projetos e recursos geridos sejam mantidos pelo bem do povo e da região”, finalizou.

A cultura nordestina está presente nos elementos artísticos que compõem o Natal 2019 no município
A cultura nordestina está presente nos elementos artísticos que compõem o Natal 2019 no municípioFoto: Jorge Farias

A Prefeitura de Caruaru, através da Fundação de Cultura e Turismo de Caruaru (FCTC), iniciou a decoração das luzes natalinas em diversos locais do município. A decoração da cidade que traz o tema "Caruaru Terra Natal 2019" apresenta elementos artísticos com temática baseada nos folguedos e brincantes da cultura nordestina, abrindo espaço para os artistas locais. A identidade visual foi baseada graficamente nos famosos cordéis e suas xilogravuras.

Já estão decorados com luzes natalinas a Praça do Rosário, o Monte Bom Jesus, a Ponte Irmã Jerônima, o Comércio na Praça, assim como o Centro de Atendimento ao Turista (CAT), a Casa Museu Mestre Vitalino, e a Praça do Artesão, todos no Alto do Moura. A decoração também está presente nas avenidas José Rodrigues de Jesus, Rio Branco, 15 de Novembro, Manoel de Freitas e a Agamenon Magalhães.

Também estão decoradas as praças João Cabeludo, a da Vila Kennedy, e a praça da UPA, além do giradouro da Boa Vista. Os caruaruenses já podem, inclusive, entrar no clima natalino visitando um dos locais mais símbolos da cidade: o Monte Bom Jesus que está com a escadaria e a Igreja de Santa Luzia decorada de luzes.

A decoração da cidade traz o tema

A decoração da cidade traz o tema "Caruaru Terra Natal 2019" - Crédito: Jorge Farias

O site já está no ar para quem quiser se inscrever e participar de iniciativas voluntárias no município
O site já está no ar para quem quiser se inscrever e participar de iniciativas voluntárias no municípioFoto: Janaina Pepeu

Representantes de entidades, ONG’s, empresas, igrejas, organizações da sociedade civil, estiveram presentes nesta sexta-feira (29) na inauguração da sede do Transforma Caruaru, uma plataforma digital que chega ao município para revolucionar no quesito voluntariado. A ferramenta de grande destaque nacional faz parte da plataforma original “Transforma Brasil”, que, assim como Caruaru, está presente em capitais e grandes cidades brasileiras nas plataformas locais.

A Prefeitura de Caruaru entrou como parceira do projeto no município. O link para quem quiser se cadastrar - seja pessoa física, jurídica, entidades, projetos sociais, etc. – já está disponível através do transformacaruaru.com.br.

O Transforma Brasil foi criado em São Paulo pelo empreendedor social pernambucano Fábio Silva, em 2018, para desenvolver iniciativas sociais no Brasil. Em Caruaru, o espaço físico passa a funcionar na Avenida José Rodrigues de Jesus, s/nº, no Bairro Indianópolis, no mesmo local da Sementeira Chico Mendes, do Parque Municipal Ambientalista Severino Montenegro. A estrutura conta com três salas que irão servir para reuniões, treinamento e escritório.

“O Transforma Caruaru vai conectar necessidade com generosidade, ou seja, a gente vai fazer uma cidade mais justa e fraterna a partir da conexão das pessoas que querem ajudar com as iniciativas que precisam de ajuda”, explicou Fábio Silva, que esteve presente na inauguração. “É importante convidar as igrejas, as universidades, as empresas que têm atividade de responsabilidade social, ou mesmo a própria Prefeitura de Caruaru, que também pode ofertar vagas do poder público para as pessoas serem voluntárias, e convidar todo cidadão da cidade para fazer o bem junto com o Transforma. Quem vai transformar Caruaru são as pessoas que querem fazer o bem”, complementou.

“Hoje é um dia especial para Caruaru com o lançamento da plataforma Transforma Caruaru para engajar o movimento de voluntariado na nossa cidade. Tem muita gente boa fazendo muita coisa na nossa cidade que precisa de ajuda nas mais diversas áreas. Essa é a energia da mudança, que a gente quer poder contaminar Caruaru inteira”, destacou a prefeita Raquel Lyra.

Sobre Fábio Silva

É empreendedor social, formado em Administração de Empresas, com MBA em Gestão. Fundou em 2016 a primeira incubadora de projetos sociais do País – Porto Social, que beneficia 50 projetos sociais por ano e oferece capacitação para profissionalizar a gestão das organizações. Em 2014 foi capacitado pelo Departamento de Estado Americano, quando líderes sociais de vários países em desenvolvimento passaram 40 dias nos Estados Unidos conhecendo os programas da Agência Nacional de Voluntariado.

Fábio descobriu sua vocação para a carreira, que ainda não é reconhecida no Brasil, em 2010, ao criar a ONG Novo Jeito, especializada em mobilizações sociais. Em oito anos de atuação, a ONG já mobilizou mais de cem mil pessoas em ações voltadas para grandes emergências (incêndios e enchentes) e em prol de causas específicas (reformas de abrigos de idosos e hospitais, manifestações em prol do “amor”). Em 2017, foi recebido pelo Papa Francisco devido às iniciativas que criou no Brasil.

O objetivo é produzir diagnósticos que possam fomentar políticas públicas
O objetivo é produzir diagnósticos que possam fomentar políticas públicasFoto: Divulgação

A Prefeitura de Caruaru, através da Secretaria de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos (SDSDH), e a Universidade Federal de Pernambuco – Centro Acadêmico do Agreste formalizaram um Acordo de Cooperação que beneficia as crianças e adolescentes das três casas de acolhimento institucional do município, assim como a Casa de Passagem e o CAUD, com atividades práticas que envolvem educação e arte.

A cerimônia aconteceu nesta terça-feira (26), na Sala de Monitoramento da Prefeitura de Caruaru, onde a prefeita Raquel Lyra assinou o documento junto ao diretor da UFPE – Campus Agreste, Manoel Guedes, a Secretária da SDSDH, Perpétua Dantas, e a coordenadora da disciplina eletiva da UFPE “Educação, Democracia e Direitos Humanos”, a Professora Doutora Ana Maria de Barros.

“A UFPE tem nos ajudado recentemente no redesenho da nossa rede de saúde mental, residência de psiquiatria, com o letramento digital, e também nesse apoio às nossas Casas de Acolhimento, desde março, identificando nossos desafios e oportunidades. 

Embora tenhamos bons serviços sendo prestados no acolhimento de nossas crianças e adolescentes, ainda temos a cultura de abrigamento e muito trabalho sendo feito de mudança dessa cultura para devolvê-los à sociedade”, destacou a prefeita Raquel Lyra.

“A Universidade está aqui para contribuir com o município, para o seu desenvolvimento, com a educação, na área de geração de renda, e também na área de desenvolvimento social e direitos humanos. Hoje, a filosofia da UFPE é, de fato, trabalhar com a interdisciplinaridade e criar disciplinas que possam sair dos muros da universidade. Então, que a gente possa fazer cada vez mais ações para contribuir com os municípios”, enfatizou o diretor da UFPE – Campus Agreste, Manoel Guedes.

Sobre o acordo

O acordo formaliza as atividades acadêmicas desenvolvidas pela equipe técnica da UFPE, formada por professores e estudantes dos cursos de Medicina, Física, Matemática, Química e Pedagogia, e os alunos da extensão universitária, junto com a equipe técnica da SDSDH, através da Coordenação de articulação de programas, juntamente com as Gerências de Proteção Básica Especial. O objetivo é desenvolver ações que fortaleçam a afirmação dos direitos humanos das crianças e dos adolescentes a partir dos conhecimentos adquiridos através de aulas teóricas vivenciadas na UFPE, sendo estes conhecimentos disseminados por meio das intervenções práticas nas casas de acolhimento institucional: CCAI, CCAII, CCAIII, Casa de Passagem e CAUD.

As aulas teóricas, de preparação do corpo discente da UFPE, começaram no início do período letivo 2019.1, e as atividades práticas de intervenção nas unidades de acolhimento ocorreram no primeiro semestre, nos meses de abril, maio, junho, e seguem no segundo semestre do corrente ano, desde agosto até a presente data.

A mobilização nacional visa chamar a atenção contra o desmonte do sistema imposto pelo Governo Federal
A mobilização nacional visa chamar a atenção contra o desmonte do sistema imposto pelo Governo FederalFoto: Divulgação

Trabalhadoras e trabalhadores em exercício no Sistema Único da Assistência Social (SUAS) em Caruaru realizarão um ato público em Defesa do SUAS no município nesta terça-feira (26). A programação local do Dia “D” de mobilização nacional será realizada na Academia Caruaruense de Cultura, Ciências e Letras (ACCACIL), das 9h às 12h, e contará também com a participação de usuários e trabalhadores ligados a outros conselhos em atuação na cidade. A concentração será às 08h30 de frente à Câmara de Vereadores, na Rua Quinze de Novembro, no centro.

O objetivo da pauta é alcançar uma maior mobilização e visibilidade para defesa do SUAS. Garantido, constitucionalmente, o SUAS passa por cortes orçamentários extremos por parte do Governo Federal, o que ocasiona graves consequências nos municípios. Por todo o país, já são contabilizados interrupções em 17 mil serviços socioassistenciais, ofertados nos equipamentos da rede como CRAS, CREAS, CENTRO-POP e Unidades de Acolhimento Institucional, cumulando um déficit orçamentário que chega a 2,3 bilhões, de acordo com valores apresentados nas Leis Orçamentárias Anuais (LOAS) de 2017, 2018 e 2019. Em Caruaru os serviços se mantém com recursos próprios do município.

Serviço:


O quê? Ato Público em Defesa do SUAS.

Quando? 26 de novembro de 2019 (terça-feira).

Onde? Academia Caruaruense de Cultura, Ciências e Letras (ACCACIL). Endereço: Rua Quinze de Novembro, 215 - Centro, Caruaru.

Hora? Das 09h às 12h (concentração às 08h30 de frente à Câmara de Vereadores de Caruaru.

O evento aconteceu na Escola Municipal Padre Pedro Aguiar, no Residencial Alto do Moura
O evento aconteceu na Escola Municipal Padre Pedro Aguiar, no Residencial Alto do MouraFoto: Divulgação SPM

A Prefeitura de Caruaru, através da Secretaria de Políticas para Mulheres (SPM), em parceria com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) realizou nesta quinta-feira (21) a palestra de empreendedorismo feminino “O Caminho para o Próprio Negócio”. O evento aconteceu na Escola Municipal Padre Pedro Aguiar, no Residencial Alto do Moura, em alusão ao Dia Mundial do Empreendedorismo Feminino, celebrado na última terça-feira (19).

A palestra abordou empreendedorismo e inovação, ambiente de negócios e o caminho para o próprio negócio, e foi voltada para os grupos de mulheres do residencial. A gerente de Políticas de Cidadania da SPM, Juliana Pereira, destacou a importância da atividade.

“A formação irá ajudar no incentivo ao empreendedorismo feminino e no conhecimento das mulheres que moram no residencial, assim como no aumento dos rendimentos daquelas que já são empreendedoras. Nosso intuito com esse tipo de formação é proporcionar uma forma de fazer com que as mulheres possam conquistar autonomia financeira ", relatou.

João do Pife é um dos concorrentes listados pela Prefeitura de Caruaru
João do Pife é um dos concorrentes listados pela Prefeitura de CaruaruFoto: Divulgação/ Facebook

O edital da prefeitura irá contemplar personalidades e entidades culturais do município
Foi anunciada na noite desta segunda-feira (18) a lista dos 32 nomes habilitados para disputar o I Edital Público do Registro do Patrimônio Vivo de Caruaru, lançado pela Prefeitura de Caruaru, através da Fundação de Cultura e Turismo (FCTC).

A lista foi divulgada durante reunião extraordinária do Conselho Municipal de Política Cultural de Caruaru (CMPCC), que aconteceu no auditório do Museu do Barro, na presença dos conselheiros da sociedade civil e do governo.

Nomes como o de Mestre Sebá, Azulão, João do Pife, Joana Angélica, Ivan Bulhões, Marliete Rodrigues, TEA, Boi Tira Teima, entre outros, estão concorrendo. Serão cinco nomes escolhidos para receber o valor mensal vitalício de R$ 1.000,00.

Para ajudar no processo de escolha dos contemplados, um dos critérios do edital é a criação da Comissão do Edital do Patrimônio Vivo de Caruaru, através do CMPCC, com cinco componentes. Na reunião de ontem foram escolhidos três membros: Humberto Botão e Valéria Saboia, conselheiros da sociedade civil, e o vereador Bruno Lambreta, representando a Câmara Municipal de Caruaru. Os dois últimos membros serão do governo municipal que irá fazer as indicações.

“Já foi analisada a questão documental e os 32 já foram habilitados. O julgamento agora vai ser de mérito”, destacou o diretor de cultura e coordenador do Edital de Patrimônio Vivo de Caruaru, Hérlon Cavalcanti, ao fazer a leitura dos nomes.

As ações serão promovidas em diversos locais da cidade com o intuito de celebrar a Semana da Consciência Negra
As ações serão promovidas em diversos locais da cidade com o intuito de celebrar a Semana da Consciência NegraFoto: Divulgação

A Prefeitura de Caruaru, através da Fundação de Cultura e Turismo (FCTC), com a participação da sociedade civil organizada, irá realizar desta terça-feira (19) até o próximo domingo (24) a Semana Cultural Afro Brasileira. As ações acontecerão em diversos locais da cidade com o intuito de celebrar o Dia da Consciência Negra, comemorado em 20 de novembro, e promover a reflexão sobre a importância do povo e da cultura africana no Brasil.

A semana comemorativa será direcionada aos povos e comunidades tradicionais de matriz africana e afro-indígena, ativistas do movimento negro, acadêmicos, porém será aberta para todos os públicos. A programação prevê diversas ações para exaltar a cultura negra em Caruaru com homenagens a personalidades e grupos caruaruenses que contribuem diretamente com da cultura afro brasileira no município. O evento também conta com apoio do Coletivo Afro Brasileiro Bará Àsá, Movimento Roda de Timbal na Vêia, Bará Cultural Produções, Ilê Axé Maroketu Yemanjá Ogunté, Emoriô Stúdio, Cia Ori, Grupo Raça Nobre Capoeira, Contemporânea, ASFOC, entre outros.

O dia da Consciência Negra foi criado com o objetivo de relembrar a importância de Zumbi dos Palmares, herói nacional e ícone da resistência negra e do combate à escravidão.

Programação da Semana Cultural Afro Brasileira 2019

As ações começam oficialmente nesta terça-feira (19) com um concurso de beleza negra durante todo o dia na Escola Prof. José Bione de Araujo. Já no dia da Consciência Negra, na quarta-feira (20), será realizada a solenidade de entrega do Título de Notório Saber da Cultura Afro Brasileira 2019 no Auditório do Museu do Barro, às 19h. Receberão a honraria o remanescente quilombola Givaldo Felipe Cavalcanti de Serra Verde, o Ilê Axé Maroketu Yemanjá Ogunté, o Boi Nelore, o músico percussionista Kleber Ramos, o cantor Azulão, Magão da Capoeira e a Irmandade Elekô.

Na quinta-feira (21) serão realizadas as oficinas de dança afro com a Cia Ori na parte da manhã na Escola Prof. José Bione de Araúj, e à tarde na Escola Municipal Professora Teresa Neuma Pereira Pedrosa. No mesmo dia terá o Workshop de Percussão “Fusão Rítmica” com os músicos Petrúcio Cruz, Junior Franceis e Fernando Ribeiro no Teatro João Lyra Filho, das 19h às 21h. Já na sexta-feira (22) será realizado o Encontro Percussivo de Caruaru com a Roda de Timbal na Veia. O evento será no Pátio de eventos, ao lado do Museu do Barro, a partir das 18h.

O sábado (23) será reservado para ações no Monte do Bom Jesus com as apresentações da “Capoeira Sobe ao Monte” com o Grupo Raça Nobre, a partir das 14h. Para fechar a semana, no domingo (24) terá o Samba no Monte, também no Monte Bom Jesus. A ação contará com apresentações musicais de diversos cantores e cantoras da cidade no Anfiteatro, a partir das 16h. Para esta atividade serão disponibilizadas duas vans da prefeitura para transportar o público no início da rodagem até a Igreja do Monte.

Composta por três etapas, o equipamento ligará um total de 16 bairros da cidade, com 8,5 km de extensão
Composta por três etapas, o equipamento ligará um total de 16 bairros da cidade, com 8,5 km de extensãoFoto: Divulgação

Os caruaruenses receberam, nesse domingo (10), a entrega da primeira etapa da Via Parque, que vai do Pátio de Eventos Luiz Lua Gonzaga até a BR-104, com extensão de 2,2 quilômetros. Denominado de Parque Esportivo Divinópolis, o espaço conta com pista de cooper, ciclovia, academia da terceira idade com equipamentos específicos, pista de skate, quadra de futebol de areia, quadra de vôlei de areia, quadra de basquete, dois playgrounds, academia, salas de apoio para academia e segurança pública, fonte seca, praça de estar, ecopontos, calçadas acessíveis, paisagismo ao longo da via, além de iluminação de LED em todo o percurso. Um investimento de mais de R$ 4 milhões.

Marcada pelo número de esportistas e amantes da prática de exercícios físicos, além de muitas crianças e pessoas da terceira idade, a solenidade foi aberta pela prefeita Raquel Lyra e também contou com a presença da deputada estadual Priscila Krause, vereadores e secretários municipais. Na ocasião, Raquel, entregou, também, uma placa simbólica para cada representante de diversas modalidades esportivas que estava presente na inauguração.

“Essa obra foi construída por toda Caruaru, garantindo que as pessoas se sintam integradas com toda a cidade, numa ligação que se estende por vários bairros, trazendo mais qualidade de vida para pessoas, com lazer, esporte e segurança. Esta é apenas a primeira etapa que está pronta para todos vocês. A segunda já está com obras a todo vapor e, logo mais, em fevereiro, também estará disponível para toda a população”, pontuou Raquel Lyra.

Composta por três etapas, a Via Parque ligará um total de 16 bairros da cidade, com 8,5 km de extensão. Nesta primeira etapa, os bairros contemplados foram: Divinópolis, Centenário, Maurício de Nassau, Centro e Monte Bom Jesus. Na segunda fase, a obra ligará os bairros Vila do Aeroporto, Vila Padre Inácio, Sol Poente, Kennedy, Maria Auxiliadora, João Mota e Boa Vista I e II.

Ainda na solenidade, a prefeita também assinou a ordem de serviço para o início da terceira etapa de obras, que será nos próximos dias, e beneficiará as localidades do Salgado, Riachão, Cedro, Cidade Jardim e Rendeiras.

assuntos

comece o dia bem informado: