Foram encontrados 3 resultados para "Cabo de Santo Agostinho":

Câmara Municipal do Cabo de Santo Agostinho
Câmara Municipal do Cabo de Santo AgostinhoFoto: Divulgação

Na sessão plenária desta quarta-feira (9), a Câmara Municipal do Cabo de Santo Agostinho instalou uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para apurar supostas irregularidades na eleição para a escolha de novos conselheiros tutelares na cidade. A eleição foi organizada pela empresa Darwin, contratada pela Prefeitura.

A CPI será presidida pelo vereador Ricardinho (Solidariedade), que foi o autor do requerimento. O relator será o vereador Cianinho (PMN) e o vereador Flávio do Fórum (PSB) irá acompanhar como membro da comissão.

“É a primeira CPI da história do Cabo. Essa eleição apresentou várias irregularidades e vamos trabalhar para impugná-la. Já solicitamos à Mesa Diretora que oficie a Prefeitura a suspensão do pagamento para a empresa que nem se quer veio na cidade acompanhar o processo no último domingo. A falta de cédula, de nome de eleitores na lista aptos a votar, a não implantação de urnas dentro da Funase conforme o edital, a participação da secretária de Programas Sociais e sua equipe apurando os votos sem o acompanhamento dos candidatos ou fiscais conforme combinado, são alguns dos motivos para suspender a eleição,” disse o vereador Ricardinho, presidente da CPI.

Votaram para instalar a CPI, os vereadores Ricardinho (Solidariedade); Amaro do Sindicato (PRP); Jeferson Marcos (PC do B); Gessé Valério (PR); Neto da Farmácia (PDT); Everaldo Júnior (PRP); César Paiva (PSC); Irmão Del (PTC); Flávio do Fórum (PSB); Neemias Silva (PV); José Maria (PTB); Galego da Farmácia (PSB); José Domingos (PSC); Ezequiel Santos (PT) e Professor Arimateia (PSDB).

O vereador Cianinho (PMN) não compareceu à sessão por ter realizado uma pequena cirúrgia bucal. Já o vereador Anderson Bocão (PSB) está afastado e sob cuidados médicos.

Ordem de serviço para execução das obras foi assinada, nesta quarta-feira, no Palácio do Campo das Princesas
Ordem de serviço para execução das obras foi assinada, nesta quarta-feira, no Palácio do Campo das PrincesasFoto: Heudes Regis/SEI

O governador Paulo Câmara (PSB) assinou, na tarde desta quarta-feira (18) ao lado da secretária de Infraestrutura e Recursos Hídricos, Fernandha Batista, do prefeito do Cabo de Santo Agostinho, Keko do Armazém e da presidente da Compesa, Manuela Marinho, duas ordens de serviço que vão beneficiar a população do município do Cabo de Santo Agostinho, na Região Metropolitana do Recife. São obras de ampliação dos sistemas de saneamento e de abastecimento de água na cidade. O gestor fez questão de ressaltar que esse é um importante desdobramento de uma série de obras na RMR, priorizando e dando velocidade as que são executadas em parceria com os municípios.

“São duas obras fundamentais, mais de R$ 65 milhões investidos, que já vão surtir efeitos importantes no abastecimento de água em 2020 e, a partir de 2021, no saneamento da cidade. São desafios importantes, e com a parceria com o município, a prefeitura e com o parceiro privado temos condições de acelerar ainda mais”, justificou o governador, que também discorreu sobre os futuros desafios nesta área.

“Temos uma meta de, nos próximos dez anos, sanear toda a Região Metropolitana. A obra que está começando fica em um município estratégico, que é o Cabo de Santo Agostinho, com uma das menores taxas de saneamento da região. Há a priorização do município e, ao mesmo tempo, vamos dar também uma condição melhor de abastecimento de água nessa cidade”, explicou Paulo Câmara.

A implantação da 1ª etapa do Sistema de Esgotamento Sanitário no Cabo de Santo Agostinho tem o valor de investimento estimado em R$ 45 milhões, e vai atender uma população de mais de 22 mil habitantes, ampliando para 20% a cobertura, com o prazo de conclusão estipulado para julho de 2021. A obra da 1ª Etapa do Sistema de Esgotamento Sanitário prevê o atendimento aos bairros Cohab, Charnequinha, São Judas Tadeu e Centro. Está previsto ainda o assentamento de cerca de 25 km de rede coletora, a instalação de mais de 3 mil ligações domiciliares, além da implantação de quatro estações de bombeamento e de uma Estação de Tratamento de Esgoto (ETE).

Já o Sistema de Abastecimento de Água do Cabo de Santo Agostinho será reforçado nos setores 1, 2, 3 e 9, que contempla os bairros de Cidade Garapu, Santo Inácio, Jardim Santo Inácio, Destilaria, Rosário e a localidade de Vila Claudete, com valor estimado de investimento de R$ 21 milhões em todo o projeto e, nesta primeira Etapa, de R$ 8,7 milhões. Serão 50 mil habitantes beneficiados com a obra, que tem o prazo de conclusão para dezembro de 2020.

A intervenção consiste na construção e energização de duas Estações Elevatórias de Água Tratada (EEATs), construção uma Torre Piezométrica, implantação de Subadutoras de Água Tratada, Rede de Distribuição e instalação e/ou substituição de ligações domiciliares.

Secretaria de Saúde de Pernambuco assina convênio com Laboratório para oferecer exames de ressonâncias e tomografias dentro do município, sem necessidade de deslocamento até o Recife
Secretaria de Saúde de Pernambuco assina convênio com Laboratório para oferecer exames de ressonâncias e tomografias dentro do município, sem necessidade de deslocamento até o RecifeFoto: Pedro Batista / FC

Um convênio firmado entre Secretaria de Saúde de Pernambuco e o laboratório Boris Berenstein, na manhã desta terça-feira (21)garantirá exames laboratoriais na rede pública de saúde do município do Cabo de Santo Agostinho. Com a parceria, articulada pela deputada estadual Fabíola Cabral (PP), os cabenses agora contarão com o suporte do laboratório para exames no próprio município, sem precisar se deslocar até o Recife.

“Estou muito satisfeita em acompanhar a concretização dessas assinaturas. Trabalhamos juntos para que o convênio se tornasse realidade e vamos seguir trabalhando para melhorar o atendimento à população”, disse a deputada. O Cabo de Santo Agostinho passa a contar com o suporte da unidade do laboratório para realização de exames de Tomografia e Ressonância.

“A expectativa é de elevar bastante o número de exames. Temos estimativas de triplicar os atendimentos e diminuir a demora na realização dos procedimentos. Inclusive, a partir desse convênio, estamos vendo a possibilidade de um mutirão para minimizar, ao máximo, as filas”, explicou o secretário de saúde municipal, Dr. Zé Carlos. Entre os benefícios levantados pela deputada e o secretário, estão o serviço de elevado padrão reconhecido pela sua eficácia e eficiência que será levado à população, e a comodidade. Além disso, certamente, haverá um aumento efetivo no número de funcionários da Unidade do Boris do Cabo.

Após a assinatura desse contrato, o início do atendimento para tomografias e ressonâncias no Boris Berenstein do Cabo, é imediato. O fluxo para o acesso a esses procedimentos continua o mesmo: os pacientes se dirigirem a um Hospital do município. A partir daí, uma vez o médico solicitando os exames, ele vai fazer o agendamento através da Unidade de Saúde onde o paciente foi atendido. Em seguida, a Unidade repassa a solicitação para o setor de marcação de exames na Secretaria Municipal de Saúde, que tem alinhamento direto com a Secretaria Estadual de Saúde e vai, prioritariamente, agendar o exame para unidade do Boris do Cabo.

Na assinatura, no gabinete da Secretaria de Saúde, estavam presentes o secretário de saúde de Pernambuco, André Longo, o secretário do Cabo, Dr. José Carlos, o prefeito em exercício, Keko do Armazém e o próprio Boris Berenstein.

comece o dia bem informado: