Foram encontrados 3 resultados para "Mulheres":

Secretário estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação, Aluísio Lessa
Secretário estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação, Aluísio LessaFoto: Divulgação

Auisio Lessa, secretário estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação foi convidado para participar do Fórum de Debates sobre Tecnologia coordenado pela vice-governadora Luciana Santos e que tem como um dos focos da ação a questão do mercado de trabalho nas mulheres no mercado da tecnologia e inovação dentro de Pernambuco. O secretario irá falar do setor de Tecnologia e Inovação, as mulheres dentro deste cenário e as perspectivas para o futuro. O encontro será na segunda-feira, dia 18, às 15h, na Sala de Monitoramento da Vice Governadoria.

Roda de Diálogo formada por mulheres teve como tema central a importância de realizar exames preventivos do Câncer de Mama.
Roda de Diálogo formada por mulheres teve como tema central a importância de realizar exames preventivos do Câncer de Mama.Foto: Divulgação

A primeira edição do #Entreelas que aconteceu nesta terça-feira (29), no auditório do Sebraelab, foi marcada por uma Roda de Diálogo formada por mulheres, tendo como tema central a importância de realizar exames preventivos do Câncer de Mama. Na ocasião, houve o relato emocionante de uma palestrante que sofreu com a doença e chegou a retirar as duas mamas e hoje está curada e levando uma vida normal.

Outros temas como as dificuldades enfrentadas pelo Hospital do Câncer de Pernambuco (HCP) para atender aos pacientes e acompanhantes; a necessidade do diagnóstico precoce para aumentar as chances de cura; assim como a importância de procurar um especialista, ou seja, um mastologista também foram abordados e debatidos.

De acordo com a deputada Roberta Arraes, presidente da Comissão de Saúde e Assistência Social da Alepe, é preciso trabalhar ações de conscientização e de prevenção ao Câncer de Mama o ano todo. “Defendo também ações de empoderamento das mulheres, de geração de empregos e oportunidades, assim como melhorias na saúde e nos cuidados. Seria interessante reunirmos mensalmente o #Entreelas para debatermos as necessidades e o que fazer do ponto de vista das políticas públicas relacionadas ao público feminino”, destacou a parlamentar.

Já a vice-presidente da Associação das Mulheres Empreendedoras (AME Brasil), a Delegada Tereza Nogueira, falou sobre os diversos tipos de violência praticada contra as mulheres e sobre a importância de desenvolver ações em rede, voltadas ao público feminino, com o objetivo de reduzir o número de casos. “É uma satisfação estar à frente da AME Brasil, uma instituição que nasceu aqui há apenas um mês, com sede no Recife, e que tem essa missão tão importante de empoderar Mulheres. Aqui em Pernambuco, além de trabalhar empreendedorismo e networking feminino, vamos dar apoio também às mulheres vítimas de violência doméstica, a fim de que elas não se sintam sós”, enfatizou Tereza. A roda de diálogo foi mediada pela psicóloga Telma Ayres.

O encontro contou ainda com a participação da médica Mastologista, Isabel Cristina, que chamou a atenção para a importância dos exames preventivos e de procurar um especialista, caso acuse algo diferente da normalidade. Segundo a médica, cada mulher deve ter “um mastologista pra chamar de seu”, pois caso é um caso e precisa ser analisado com cuidado.

O presidente do Conselho Regional de Contabilidade de Pernambuco (CRC-PE), José Campos também participou do evento e ressaltou a importância de debater a temática. A vice-presidente do CRE-PE, Dorgivânia Arraes, representou a entidade e ressaltou a importância do empreendedorismo e da presença feminina em várias áreas de atuação.
Cada participante levou pacotes de leite em pó que serão doados para o Hospital do Câncer de Pernambuco (HCP). A necessidade de doação de alimentos na instituição foi levantada por Maria da Paz que coordena o trabalho voluntário no HCP. Segundo ela, o Hospital atende uma demanda imensa de pessoas, não só da Região Metropolitana do Recife (RMR), como também do Interior do Estado.

O #Entreelas foi uma iniciativa da AME Brasil, em parceria com a Comissão da Saúde e Assistência Social da Alepe, o Conselho Regional de Contabilidade de Pernambuco (CRE-PE) e contou com o apoio do Sebrae-PE.

Evento é realizado pelo Governo do Estado, através da Secretaria da Mulher (SecMulher-PE), e o Conselho Estadual dos Direitos da Mulher de Pernambuco (Cedim-PE)
Evento é realizado pelo Governo do Estado, através da Secretaria da Mulher (SecMulher-PE), e o Conselho Estadual dos Direitos da Mulher de Pernambuco (Cedim-PE)Foto: Divulgação

Nas próximas quarta (30) e quinta-feira (31), a pauta proposta por cerca de 40 mil mulheres, em Pernambuco será discutida na 5ª Conferência Estadual de Políticas Públicas para as Mulheres que tem como tema central: Mulher e Democracia: Uma Agenda de Luta por Direitos Iguais.  O evento realizado pelo Governo do Estado, através da Secretaria da Mulher (SecMulher-PE), e o Conselho Estadual dos Direitos da Mulher de Pernambuco (Cedim-PE), acontece em Gravatá.

A ação é resultado de uma escuta através de fóruns de mulheres realizados, entre os dias 23 de julho e 9 de outubro, nos 184 municípios pernambucanos com a sociedade civil e os governos municipais. O momento foi de propor políticas públicas mais inclusivas para as mulheres nos espaços de poder e no controle social, prevenção e enfrentamento da violência contra a mulher, autonomia econômica, educação inclusiva, não sexista, não racista, não lesbofóbica, não transfóbica e laica, saúde, direitos reprodutivos e direitos das mulheres a cidades mais seguras e inclusivas.

As conferências estaduais acontecem, a cada quatro anos, e Pernambuco é destaque nacional como o único Estado da Federação a cumprir o calendário das conferências municipais do País, lançado pelo Governo Federal, no ano passado, e realizar a ação em 100% dos municípios.

Participam da abertura da conferência, na quarta-feira (30), chefes de Estado, prefeitas e
prefeitos, representantes do legislativo, Judiciário, 602 delegadas eleitas e 18 convidadas dos municípios e demais convidadas (os).  Na quinta-feira 31, os trabalhos iniciam com a divisão de cinco eixos que dissecarão temas: Mulheres: Participação Política e Controle Social, apresentado por Auta Azevedo, conselheira de Notório Saber do Cedim-PE e Doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Antropologia da UFPE. O 2º destacará Mulheres: Democracia e Eleições 2020. A expositora será a jornalista Estela Bezerra eleita para o primeiro mandato de deputada Estadual pelo PSB/PB, em 2014. O tema Autonomia Econômica e Mercado de Trabalho ficará a cargo da doutora em Economia Pública, Planejamento e Organização do espaço pela Universidade de Paris I, Panthéon-Sorbonne, Tânia Bacelar.

A secretária da Mulher do Estado, Silvia Cordeiro, informa que as conferências municipais pautaram propostas que foram levadas e discutidas pela população feminina destacando os princípios e a importância de um plano de governo que escute as mulheres de forma ascendente. A secretária Executiva da SecMulher, Ana Callou, complementou a fala de Silvia acrescentando que a ação é fundamental para incluir as demandas das mulheres nos orçamentos que são instrumentos de planejamento dos governos, a exemplo do Plano Plurianual (PPA), a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) e a Lei Orçamentária Anual (LOA).  “Nossa meta é incluir novas ações e potencializar os projetos exitosos que já existem”, completa Ana Callou.

Serviço:

5ª Conferência Estadual de Políticas Públicas para as Mulheres

Data: 30 e 31 de outubro
Local: Hotel Canárius – Gravatá-PE

mulheres

assuntos

comece o dia bem informado: