Foram encontrados 288 resultados para "Governo do Estado":

Em Pernambuco, 1.162 detentos se inscreveram no ENEM 2019, número superior a 2018, com 1.012 inscritos
Em Pernambuco, 1.162 detentos se inscreveram no ENEM 2019, número superior a 2018, com 1.012 inscritosFoto: Divulgação

A rotina de estudos pode ser prazerosa, mesmo para quem tem sua liberdade restrita. O reeducando Rafael Lima, encontrou nos livros a vontade de trilhar novos rumos. Lima concluiu o ensino fundamental e médio na prisão, fez 700 pontos na redação do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM 2019) e sonha em cursar Direito.

Atualmente, o reeducando cumpre pena no regime semiaberto harmonizado (depois do trabalho externo, segue para casa e não mais para o estabelecimento prisional) e é acompanhado pela Secretaria Executiva de Ressocialização (Seres).

Enquanto estava preso na Penitenciária Agroindustrial São João (PAISJ), em Itamaracá, Rafael se encantou pelos estudos. “Só com muita dedicação conseguimos mudar a realidade. Passei a ler mais, visitar a biblioteca da penitenciária e responder questionários. Tudo virou um prazer”, conta o detento que trabalha como auxiliar operacional na Defesa Civil de Olinda, fruto de uma parceria entre a Seres e a gestão municipal. Na redação, cujo tema foi “O Combate ao Uso Indiscriminado das Tecnologias Digitais de Informação por Crianças”, Rafael fez uma reflexão sobre a responsabilidade de pais, sites, portais e aplicativos defendendo o compromisso de todos os envolvidos.

O reeducando vive a expectativa de ingressar na faculdade pelo Sistema de Seleção Unificada. Entre os livros que mais gostou de ler está ‘O Auto da Compadecida’. A obra de Ariano Suassuna é uma de suas inspirações para o futuro. “A obra traz questões sociais muito importantes, como a falta de oportunidade para os mais pobres. Pretendo fazer faculdade de Direito porque quero trabalhar com a lei, estar do outro lado da justiça e longe do crime”, pontua. Em Pernambuco, 1.162 detentos se inscreveram no ENEM 2019, número superior ao Exame 2018, com 1.012 inscritos. “Apostamos no estudo como grande aliado no processo de ressocialização, não identifico outro caminho do ponto de vista filosófico”, destacou o secretário de Justiça e Direitos Humanos, Pedro Eurico.

As maiores notas da redação no sistema prisional foram 780 e 740 de dois reeducandos do Centro de Observação e Triagem Everardo Luna (Cotel), mas preferem não ser identificados. Unidades prisionais como Presídio Juiz Antônio Luiz Lins de Barros (Complexo do Curado), Presídios de Igarassu (Região Metropolitana); e Desembargador Augusto Duque (Pesqueira), Colônia Penal Feminina de Buíque (Agreste) também tiveram destaques no exame 2019.

A comercialização de cabras e ovelhas representa cerca de 13% da produção agropecuária de Pernambuco
A comercialização de cabras e ovelhas representa cerca de 13% da produção agropecuária de PernambucoFoto: Divulgação

Sertânia - Tradicional no semiárido nordestino, a criação de caprinos e ovinos para produção de leite e abate ganhou forças como atividade econômica organizada. Em segundo lugar no ranking de maior rebanho de caprinos do Brasil e em terceiro entre os maiores criadores de ovelhas no território nacional, a cultura da ovinocaprinocultura está entre as metas de políticas públicas do Governo de Pernambuco, que instituiu oficialmente, quinta-feira (16/01), a Câmara Setorial da Ovinocaprinocultura. A primeira reunião com membros de associações, empresários do segmento e órgãos estaduais foi realizada no auditório da Escola Técnica de Sertânia, distante 315 km do Recife.

Esta foi a primeira agenda estratégica da Missão Desenvolvimento em 2020, formada por um grupo de trabalho composto pelas equipes da Secretaria de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco e da Agência de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco (AD Diper), com a estratégia de disseminar a política estadual de fortalecimento das vocações econômicas regionais. Sertânia foi o primeiro município a receber o grupo comandado pelo secretário estadual de Desenvolvimento Econômico, Bruno Schwambach, e pelo presidente da Agência de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco, Roberto Abreu e Lima, e foi escolhida por sua tradição na produção de caprinos e ovinos e por deter o segundo maior rebanho de cabras no Estado e o quinto maior rebanho do Brasil com 156 mil cabeças, segundo dados do IBGE em 2018.

Esta será a sétima câmara criada e gerida pela Sdec e AD Diper. Em 2019, foram instalados os grupos representativos do setor de leite e derivados, turismo, logística, audiovisual, sucroalcooleiro e têxtil e confecções. Essas bases têm como foco identificar as ações prioritárias de interesse comum à cadeia produtiva; formular políticas estratégicas para o desenvolvimento setorial; e executar as ações deliberadas de acordo com as responsabilidades atribuídas no Plano Estratégico de cada área.

Em 2019, a Sdec e a AD Diper imprimiram nova metodologia na formação de cada colegiado. O grupo seguirá uma política de implantação, regimento interno e plano de trabalho, composto por uma diretoria, com presidente, vice-presidente e secretaria executiva, com funções específicas, mas convergentes. Caberá ao Presidente, entre outras atribuições, convocar e presidir as reuniões e os trabalhos da Câmara, bem como supervisionar os trabalhos dos Grupos Executivos de Desenvolvimento Setorial (GEDS), e promover articulações com entidades públicas, privadas e organizações da sociedade civil, para formalização de parceria na execução de ações de interesse da Câmara Setorial. Todo o trabalho é realizado com o apoio da Agência.

A ovinocaprinocultura é uma atividade de fundamental importância para Pernambuco. Em 2018, a comercialização de cabras e ovelhas e seus produtos representaram cerca de 13% da produção agropecuária de Pernambuco, sendo considerado o principal segmento econômico da agropecuária em terrenos secos, mais conhecida como de sequeiro. “O lançamento da Câmara Setorial da Ovinocaprinocultura veio em boa hora. Vamos precisar do Governo do Estado para ajudar no andamento rápido dos licenciamentos e autorizações de comercialização. Além disso, a oferta de água também é uma prioridade para o sucesso do projeto. Esse modelo queremos replicar para outras cooperativas para que haja um maior desenvolvimento econômico e social do Nordeste”, comemorou o presidente da Cooperativa dos Criadores de Caprinos e Ovinos, Edmir Souza.

De acordo com dados do IBGE, pelo menos desde 2006, Pernambuco possui o segundo maior rebanho de caprinos do Brasil. Em 2018, foram registradas cerca de 2,4 milhões de cabeças de cabras no Estado. Já no que diz respeito à criação de ovelhas, Pernambuco saltou de 5º maior produtor nacional em 2006, para a 3º posição em 2015, permanecendo entre os três maiores até 2018. Com quase 2,4 milhões de cabeças no último registro do IBGE, a produção de ovinos pernambucana está atrás apenas da Bahia e do Rio Grande do Sul, este último utilizado em sua maior parte para a produção de lã.

A AD Diper tem apoiado diversas ações e projetos para o desenvolvimento da ovinocaprinocultura. O programa Força Local, que executa ações estruturadoras para melhorar a qualidade dos negócios dos municípios, firmou sete convênios em 2019 bancando um total de R$ 978,2 mil em investimentos diretos para produtores e associações. Somado aos aportes de parceiros como o Sebrae Pernambuco, são quase R$ 1,8 milhão em investimentos para o setor.

Os projetos beneficiam diretamente 495 produtores e 150 famílias de agricultores e pecuaristas. São ações visando o melhoramento genético dos animais e o fortalecimento da cadeia produtiva, além da melhoria da infraestrutura dos locais de trabalho. “O nosso objetivo é ajudar o pequeno produtor que precisa de um bom suporte para ter fôlego e desenvolver seu negócio. Com o apoio e parceria do Sebrae já estamos conseguindo desenvolver boas ações e gerar emprego e renda na região”, comentou o presidente da Agência de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco, AD Diper.

Já o secretário de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco, Bruno Schwambach, fez questão de frisar o trabalho realizado pelo Governo do Estado de percorrer pelo interior para identificar as potencialidades de cada região. “Com a Câmara Setorial, vamos criar um diálogo com os representantes do setor para que possamos trilhar o melhor caminho rumo ao desenvolvimento. Eu também sou empreendedor e, por isso, sei a importância desse tipo de estratégia. No ano passado, conseguimos atrair R$ 15 bilhões em investimentos privados. Mas o desenvolvimento não se restringe aos grandes empreendimentos. Temos que focar também nos pequenos negócios e nos arranjos produtivos locais. Uma prova foram os lançamentos dos programas Força Local e Crédito Popular. Pernambuco está no caminho certo”, afirma.

Beneficiários terão um dia de lazer com banho de rio assistido em cadeiras anfíbias
Beneficiários terão um dia de lazer com banho de rio assistido em cadeiras anfíbiasFoto: Divulgação

Depois de realizar mais de 60 mil atendimentos em 2019, o PE Conduz, serviço executado pela Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude para transporte de pessoas com deficiência, realiza, neste sábado (18), a partir das 9h, uma rota de lazer com 15 pessoas. A atividade acontece na Reserva do Aparauá, no município de Goiana, por meio Projeto Praia sem Barreiras. A ação será coordenada pela Superintendência de Apoio à Pessoa com Deficiência (SEAD).

No local, os usuários terão banho de rio assistido com toda segurança garantida através das cadeiras anfíbias e da equipe de monitores. “O PE Conduz tem como um dos principais objetivos promover a acessibilidade de pessoas com deficiência para necessidades essenciais, como os tratamentos que são realizados durante a semana. Através do Praia Sem Barreiras, o programa ganha outra dimensão, que é promover momentos de lazer para o segmento. Durante o mês de janeiro, voltado às férias, vamos promover edições a mais de rotas de lazer”, afirma o secretário de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude, Sileno Guedes. ´

A Reserva Florestal Aparauá, onde será realizada a atividade, tem 40 hectares de Mata Atlântica (fauna e flora), seis nascentes de águas naturais e faz parte de um seleto grupo de áreas destinadas à preservação ambiental. No dia 25 será vez de levar os usuários à praia de Porto de Galinhas, em Ipojuca. Os procedimentos para inscrição, que será prioritária para aqueles que nunca participaram da ação, serão divulgados posteriormente pela SDSCJ.

Serviço
Pauta: Rota de Lazer na Reserva do Aparauá
Data: 18 de janeiro de 2020
Hora: 9h
Local: Rodovia PE 49, Km 20, s/n, Goiana

O grupo de 15 usuários do programa PE Conduz e seus acompanhantes terão um dia de lazer no Eco Parque Reserva  Aparauá, em Goiana
O grupo de 15 usuários do programa PE Conduz e seus acompanhantes terão um dia de lazer no Eco Parque Reserva Aparauá, em GoianaFoto: Divulgação

Para oferecer um dia de lazer às pessoas com deficiência atendidas pelo programa estadual PE Conduz, a Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude (SDSCJ) vai promover, no próximo sábado (18), a ida de 15 usuários do programa e seus acompanhantes para o Eco Parque Reserva Aparauá, na cidade de Goiana. Para formar o grupo, o órgão abre as inscrições nesta quinta-feira (16), a partir da 9h. Os interessados devem ligar para a Coordenação do Programa, através do número (81) 3183 3210.

A iniciativa é promovida junto ao projeto Praia Sem Barreiras. De acordo com o secretário da SDSCJ, Sileno Guedes, a atividade estimula a inclusão social e fortalece o turismo acessível em Pernambuco. “Essas ações são estratégias para oferecer acesso das pessoas com deficiência aos espaços de lazer para proporcionar um momento de descontração tanto a eles quanto aos acompanhantes, que são as pessoas que estão à frente dos cuidados diários. Além das atividades diárias do PE Conduz, com a rotina de exames e consultas, esse momento é essencial para os usuários do programa”, afirma.

Oito vans acessíveis do PE Conduz serão utilizadas para transportar o grupo. A viagem acontece neste sábado (18). No local, serão disponibilizadas cadeiras anfíbias para garantir o banho de rio assistido com segurança e os usuários serão acompanhados por uma equipe de monitores.

Para o superintendente estadual de Apoio à Pessoa com Deficiência (Sead), Edimilson Silva, proporcionar condições de acesso ao grupo em espaços como este ajuda a romper preconceitos. “É importante que as pessoas com deficiência possam e consigam ocupar esses espaços para quebrar estigmas de que só podem ficar em casa, que não são capazes de estar em ambientes como este. As pessoas com deficiência podem usufruir de lugares como este, basta garantir condições necessárias”, pontua.

PE CONDUZ - Durante toda a semana os usuários do PE Conduz e seus acompanhantes usam o serviço exclusivamente para tratamentos de saúde. Já nos finais de semana, ocorrem as rotas de lazer. Somente em 2019, mais de 60 mil viagens foram realizadas pelas vans, garantindo a manutenção dos tratamentos e o lazer dos usuários.

SOBRE A RESERVA - A Reserva Florestal Aparauá tem 40 hectares de Mata Atlântica (fauna e flora), seis nascentes de águas naturais e faz parte de um seleto grupo de áreas destinadas à preservação ambiental.

As inscrições acontecem nesta quinta-feira (16), a partir das 9h

As inscrições acontecem nesta quinta-feira (16), a partir das 9h - Crédito: Divulgação

A iniciativa é promovida junto ao projeto Praia Sem Barreiras

A iniciativa é promovida junto ao projeto Praia Sem Barreiras - Crédito: Divulgação

Oito vans acessíveis do PE Conduz serão utilizadas para transportar o grupo

Oito vans acessíveis do PE Conduz serão utilizadas para transportar o grupo - Crédito: Divulgação

Número de profissionais de saúde convocados em Pernambuco chega a quase oito mil nos últimos seis anos
Número de profissionais de saúde convocados em Pernambuco chega a quase oito mil nos últimos seis anosFoto: Hélia Scheppa/SEI

Em mais uma demonstração de compromisso com a saúde pública do Estado, o governador Paulo Câmara nomeou 389 profissionais para atuar em hospitais, Gerências Regionais de Saúde (Geres), Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen-PE) e na Agência Pernambucana de Vigilância Sanitária (Apevisa). De 2015 até o momento, quase oito mil profissionais foram convocados para trabalhar em serviços ligados à Secretaria Estadual de Saúde, marcando o Governo Paulo Câmara como a gestão que mais contratou concursados para a rede estadual em toda a história da saúde pública de Pernambuco.

O governador ressaltou que a chegada dos novos profissionais vai contribuir para dar continuidade aos avanços na saúde pública de Pernambuco. “Eles vão fazer parte do corpo funcional do Estado, vão atuar em todas as regiões, buscando sempre mais humanização no atendimento e, acima de tudo, buscando salvar vidas, recuperar as pessoas que se adoentaram e trazer saúde para todas as cidades”, pontuou.

Dos 389 convocados, 142 são médicos de diversas especialidades; 122 são formados em outras profissões de nível superior, como biomédico, fisioterapeuta e enfermeiro; e 122 têm nível médio técnico, como enfermagem, laboratório e farmácia, além de três fiscais de vigilância sanitária. Nos próximos dias, os profissionais convocados serão chamados para perícia, posse e posterior lotação em serviços localizados em todas as 12 Gerências Regionais de Saúde (Geres).

“A nomeação reforça a assistência à Saúde nas nossas unidades e traz uma marca deste governo, que é a preocupação com a reposição dos profissionais de Saúde nessas unidades. Já são quase oito mil profissionais nomeados ao longo desses quase seis anos de gestão. São 1.290 somente nesta segunda gestão. Isso demonstra o compromisso do governador Paulo Câmara”, afirmou o secretário estadual de Saúde, André Longo.

Novos preços das passagens de ônibus foram definidos
Novos preços das passagens de ônibus foram definidosFoto: Rafael Furtado / Folha de Pernambuco

O Governo de Pernambuco enviou oficialmente uma nota comunicando que não aceita a proposta de aumento das passagens de ônibus colocada pela Urbana-PE.

A Proposta solicita um aumento de 14,13%, dos preços das passagens de ônibus na Região Metropolitana do Recife e foi enviada pelo Sindicato das Empresas de Transportes de Passageiros no Estado de Pernambuco (Urbana-PE) ao Grande Recife Consórcio de Transporte. Pela proposta, o valor do Anel A passa de R$ 3,45 para R$ 3,90; já o Anel B, de R$ 4,70 para R$ 5,35; e o Anel G, de R$ 2,25 para R$ 2,55.

Nota do Governo do Estado

O Governo de Pernambuco vem a público informar que não aceita a proposta de reajuste no valor das passagens de ônibus apresentada, nesta segunda-feira (13), pelos empresários do setor de transportes de passageiros da Região Metropolitana do Recife (RMR). A proposição, que apresenta aumento médio de 14%, elevaria o Anel A - o mais utilizado pelos usuários do sistema - de R$ 3,45 para R$ 3,90. O que é inaceitável. Atualmente, a RMR tem uma das tarifas mais baratas entre as capitais do país, e o Executivo estadual não abre mão da continuidade desse quadro em 2020.

Leia também:
Urbana-PE quer aumento de quase 15% das passagens de ônibus na RMR


Além de não admitir a proposta apresentada pelo setor empresarial, o Governo de Pernambuco assegura o seguimento de conquistas históricas através do esforço da administração estadual, como o Passe Livre para estudantes, o Transporte Complementar Gratuito e a isenção do ICMS sobre o diesel.

Para isso, estão em fase de conclusão os estudos necessários que garantam melhorias para o usuário e uma equação que possa viabilizar o sistema, com equilíbrio e sustentabilidade. É importante lembrar que, no ano passado, entrou em vigor a Lei do Ar-Condicionado (Lei n. 16787/2019), que está sendo considerada nessa análise, propondo uma meta de ampliação da frota climatizada na Região, como já ocorreu em 2019.

Mesmo com todo o quadro de dificuldades econômica e fiscal, o Governo tem feito um grande esforço para manter subsídios como o do diesel, para evitar que a passagem alcance valores mais altos como acontece em outros estados. Além disso, intensificará as ações de melhoria da estrutura que serve ao transporte, com intervenções nos terminais, estações, e de segurança para a população.

Por fim, salienta que os empresários também precisam fazer a parte deles no funcionamento do sistema, na renovação da frota com ampliação da climatização e na pontualidade. O Governo de Pernambuco enfatiza, mais uma vez, que seu principal papel é lutar pelo usuário, pelo menor valor e pelo máximo de benefícios.

Porto do Recife
Porto do RecifeFoto: Anderson Stevens / Folha de Pernambuco

A assinatura de dois Termos de Compromisso, no final de 2019, entre o Governo do Estado e a União, com interveniência da Secretaria de Desenvolvimento Econômico do Estado e a interveniência executora da Porto do Recife S.A., prometem aumentar a competitividade do Ancoradouro e marcar uma nova etapa nas condições operacionais do Porto.

O primeiro Termo de Compromisso foi firmado com o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes – DNIT- e prevê a execução das obras de dragagem do cais acostável, que vai do berço 00 ao 06, o qual será aprofundado para 11m, e do 7 ao 9 para 8m de profundidade, no valor de R$ 24.189.188,34 e com vigência de um ano. De acordo com o Plano de Trabalho as obras devem iniciar em abril de 2020 e serem finalizadas em junho do mesmo ano.

O segundo, firmado com o Ministério da Infraestrutura, tem como objeto a execução de obras civis para reforma, melhoria e adequação da infraestrutura operacional dos cais do Porto, que contemplará novo sistema de defensas e cabeços de amarração, recuperação da drenagem, pavimentação e recuperação estrutural dos cais 00 e 01, no valor de R$ 27.336.730,29 e com vigência de um ano. O cronograma do Plano de Trabalho informa que as obras serão iniciadas em maio de 2020 e finalizadas em dezembro deste ano.

As licitações das obras serão realizadas pela Porto do Recife S.A., que é a interveniente executora dos Projetos, e devem acontecer entre fevereiro e abril.


“A última dragagem realizada no Porto do Recife foi em 2012. Desde 2015 estamos brigando por uma nova dragagem, mas o tema ficava sempre no âmbito das promessas, por parte do Governo Federal. A assinatura dos Termos de Compromisso nos indica que a obra será, de fato, realizada e só temos motivos para comemorar o ano que passou e criar grandes expectativas para 2020, comemora Carlos Vilar.

“Em todos esses anos de batalha para que as obras saíssem do papel, o apoio e atuação dos empresários ligados a aérea e dos trabalhadores portuários foram proimordiais, complementa Vilar.

“Durante todo o ano de 2019 fizemos um enorme esforço junto ao Governo Federal para destravar esses projetos, foram muitas idas e vindas ao Ministério de Infraestrutura. O trabalho valeu a pena, viabilizou a assinatura dos termos de compromisso. Agora, aguardamos a liberação de recursos para iniciar as obras, que colocarão o Porto do Recife em um outro patamar de competitividade”, enfatiza o secretário de Desenvolvimento do Estado, Bruno Schwambach


BALANÇO 2019 - O Porto do Recife acompanhou o Desenvolvimento Econômico de Pernambuco e voltou a crescer em 2019. A expectativa era um aumento de 14% na movimentação de cargas, mas o crescimento foi superior e chegou aos 15%, totalizando uma movimentação de 1.412.426 toneladas de cargas. “Já em fevereiro de 2019 os números começaram a se mostrar positivos e assim seguiu por praticamente todo o ano. A economia nacional ainda vive dias de maré revolta, mas o Estado segue uma rota mais tranqüila e de crescimento o que reflete, diretamente, na nossa atividade”, afirma o presidente do Porto Carlos Vilar.

O malte de cevada que alimenta a pujante indústria cervejeira do Estado foi o produto de maior destaque, no Porto do Recife, em 2020. Foram descarregadas 232.785 toneladas do produto no ancoradouro, o que proporcionou um crescimento 57% maior em relação a 2018. O desembarque de 221.140 toneladas de fertilizantes representou um aumento de 47% na movimentação do produto, comparado ao ano passado. O coque de petróleo também ajudou a alavancar os números positivos ao registrar um aumento de 43%, totalizando a movimentação de 193.837 toneladas.

A previsão de movimentação de cargas para 2020 é ainda maior, pois o início das obras darão novas condições operacionais ao ancoradouro, atrairão investimentos privados e, consequentemente, novas cargas. A importação de malte de cevada e barrilha devem aumentar mais este ano. O Porto também trabalha com a atração de novas cargas como a Ilmenita, minério de ferro extraído de uma jazida em Floresta, no sertão pernambucano.

Novas obras garantem mais segurança hídrica à população e beneficiam cerca de 18 mil habitantes nas duas localidades
Novas obras garantem mais segurança hídrica à população e beneficiam cerca de 18 mil habitantes nas duas localidadesFoto: Hélia Scheppa/SEI

Paudalho - O governador Paulo Câmara inaugurou, nesta sexta-feira (10), a ampliação do sistema de abastecimento de água de Guadalajara a partir da barragem de Goitá, no município de Paudalho, na Mata Norte do Estado. Em seguida, na cidade de Vitória de Santo Antão, na Mata Sul, o governador entregou obra semelhante, no distrito de Pirituba. Em Guadalajara, foram investidos R$ 4 milhões para garantir a segurança hídrica para a quase totalidade da população daquela comunidade, cerca de 12 mil pessoas. Já em Pirituba, o governo investiu R$ 800 mil, beneficiando seis mil habitantes, cerca de 90% dos moradores do distrito.

“Acompanhei desde o início essa questão aqui em Guadalajara, essa ausência do abastecimento regular e de água tratada. Isso precisava ser finalizado e ter um encaminhamento. A crise infelizmente existe, e os recursos são poucos, mas temos que priorizar aquilo que é importante e que não pode ser adiado. O abastecimento de água e o saneamento são questões que temos priorizado ano a ano em Pernambuco”, afirmou o governador. em Guadalajara.

A partir de agora, os habitantes serão beneficiados com a operação do sistema comandada pela Compesa. Antes, a população contava com um calendário irregular de abastecimento. Dona Angelina Marinho, moradora há 20 anos da comunidade, reclamava da água sem tratamento. “Era suja e não subia para a caixa. Agora, está subindo e eu estou economizando até na minha energia, já é mais um dinheirinho no bolso. A água agora é boa, limpinha. Antes a gente precisava ficar tratando, botando cloro em pó. Agradeço ao governador por ter colocado água limpinha para a gente”, disse, animada, a moradora da localidade de Guadalajara.

Em Pirituba, distrito de Vitória de Santo Antão, o entusiasmo da população se repetiu. Após inaugurar o sistema de abastecimento, o governador falou sobre sua satisfação de entregar mais essa obra e elencou desafios para este ano que se inicia. “É importante estar aqui em Vitória, ter condições de entregar mais uma obra de água. A comunidade aqui, maior distrito do município, ainda não tinha água com regularidade e qualidade, e estamos trazendo isso", disse.

Paulo Câmara destacou ainda que há muito o que ser feito em todo o Estado em 2020 em favor da população. "Vamos continuar trabalhando para gerar emprego, renda, para continuar atraindo empresas para cá, melhorando a educação, diminuindo os índices de violência, entre outras coisas. Isso vai ser feito com muito trabalho, parcerias e unidade com o nosso povo, em favor da melhoria da qualidade de vida”, assegurou.

A obra, realizada pela Compesa, consistiu na perfuração de um novo poço tubular, instalação de estação elevatória, construção de unidade de desinfecção, implantação da rede de distribuição e ligações às residências. Dona Severina Farias, de 67 anos, nascida e criada no município, foi uma das beneficiadas. “Quando não tinha água na torneira era agonia demais. Tinha que ficar comprando garrafão para dar conta de tudo e era um dinheiro que fazia falta. Agora, graças a Deus, a gente não precisa mais se preocupar com isso. A vida é outra coisa. Tem água para beber, tomar banho, lavar a roupa. Só tenho a agradecer ao governador, porque sem ele não isso não ia se tornar realidade”, contou.

Nas inaugurações, o governador esteve acompanhado de vários secretários estaduais, secretários executivos, a presidente da Compesa, Manuela Marinho, e diversos deputados estaduais. Em Paudalho, também participaram o prefeito Marcelo Gouveia e seu vice, André Nunes Viana. Em Vitória de Santo Antão, Paulo Câmara esteve na companhia do prefeito Aglailson Júnior.

Paulo Câmara destacou ainda que há muito o que ser feito em todo o Estado em 2020 em favor da população

Paulo Câmara destacou ainda que há muito o que ser feito em todo o Estado em 2020 em favor da população - Crédito: Hélia Scheppa/SEI

Durante quase um mês, SDS reforçou equipes de salvamento aquático
Durante quase um mês, SDS reforçou equipes de salvamento aquáticoFoto: Divulgação

Durante quase um mês, entre 6 de dezembro de 2019 e 3 de janeiro de 2020, operativas da Secretaria de Defesa Social de Pernambuco (SDS) atuaram para prevenir e reprimir crimes e infrações na ilha, além de reforçar as equipes de salvamento aquático

O fim de ano na Ilha de Fernando de Noronha teve segurança reforçada pelas operativas da Secretaria de Defesa Social de Pernambuco (SDS), com operação que terminou com mais de 3 mil abordagens preventivas. De 6 de dezembro último até 3 de janeiro deste ano, policiais militares, bombeiros militares, policiais civis e servidores da Polícia Científica trabalharam para evitar e dar pronta resposta a crimes registrados durante o período da Operação Noronha.

Somente nas blitz de trânsito ocorreram 1.687 abordagens a veículos, entre carros, motos e ônibus, resultando na apreensão de 22 carteiras de habilitação (CNHs) e cinco Certificados de Registro e Licenciamento de Veículos (CRLVs). Em seis testes de alcoolemia, foi constatado nível de álcool no organismo acima do permitido por lei, e outros 69 condutores recusaram-se a se submeter ao teste. Oito veículos acabaram sendo recolhidos. O trabalho foi realizado de maneira integrada com o Detran e a Secretaria Estadual de Saúde, no caso das blitz da Lei Seca, e com a Polícia Rodoviária Federal.

Os policiais militares destacados para a Operação Noronha abordaram, ainda, 1.408 transeuntes nesse período. No que se refere às autuações, as Polícias registraram 18 ocorrências por tráfico de drogas, uma de porte e uso de droga e um caso de mulher vítima de violência.

A segurança dos frequentadores de bares, restaurantes e pousadas da ilha também foi foco do Corpo de Bombeiros Militar, que notificou 10 bares para se adequarem às normas de segurança no sentido de evitar incêndios e acidentes com multidões. Nas praias, o CBMPE ampliou a presença de equipes de salvamento e resgate aquático.

"Com o intenso fluxo de visitantes no fim de ano, o esforço concentrado envolvendo todas as operativas da segurança pública busca prevenir e combater os conflitos na comunidade e a perturbação do sossego, garantindo um período de festividades tranquilo em Fernando de Noronha. A ilha já é destaque no Estado por não registrar nenhum homicídio nos últimos 15 anos, e trabalhamos com afinco para manter a tranquilidade de moradores, trabalhadores e turistas", salienta o secretário executivo de Defesa Social de Pernambuco, Humberto Freire.

Entre 6 de dezembro de 2019 e 3 de janeiro de 2020, operativas da Secretaria de Defesa Social de Pernambuco (SDS) atuaram para prevenir e reprimir crimes e infrações na ilha

Entre 6 de dezembro de 2019 e 3 de janeiro de 2020, operativas da Secretaria de Defesa Social de Pernambuco (SDS) atuaram para prevenir e reprimir crimes e infrações na ilha - Crédito: Divulgação

O governador agradeceu o empenho da equipe em garantir uma queda expressiva da criminalidade em 2019
O governador agradeceu o empenho da equipe em garantir uma queda expressiva da criminalidade em 2019Foto: Hélia Scheppa/SEI

O governador Paulo Câmara comandou, nesta quinta-feira (9), a primeira reunião de acompanhamento do Pacto Pela Vida de 2020, realizada na sede da Secretaria de Planejamento e Gestão do Estado (Seplag). Ao abrir o encontro, ele destacou o esforço de toda a equipe em favor da continuidade das reduções dos números de Crimes Violentos Letais Intencionais (homicídios) e Crimes Violentos contra o Patrimônio (roubos e furtos) alcançados ao longo do ano de 2019, reforçando o compromisso de atingir índices ainda mais baixos.

“Agradeci a dedicação de todos que se empenharam muito para obtermos essas reduções consecutivas e fiz questão de reforçar a necessidade de nos esforçarmos ainda mais para perseguirmos os resultados que a sociedade espera”, afirmou Paulo Câmara. Atualmente, Pernambuco contabiliza 24 meses consecutivos de redução no registro de CVLIs e 28 meses consecutivos na diminuição de CVPs.

O governador reforçou ainda o compromisso de continuar trabalhando firme para avançar na diminuição da violência e na construção de uma cultura de paz em Pernambuco. “Os atuais números ainda não são ideais, mas não vai faltar compromisso e trabalho, com cada vez mais ações de prevenção, articulação social e repressão às diferentes modalidades de crime. Tenho certeza de que 2020 será um ano ainda melhor para todos nós”, finalizou.

Paulo Câmara reforçou o compromisso de reduzir ainda mais os índices

Paulo Câmara reforçou o compromisso de reduzir ainda mais os índices - Crédito: Hélia Scheppa/SEI

assuntos

comece o dia bem informado: