Foram encontrados 37 resultados para "Sertão":

O prefeito Miguel Coelho recebeu, nesta quarta-feira (04), o líder do Método Wolbachia no Brasil, Luciano Moreira
O prefeito Miguel Coelho recebeu, nesta quarta-feira (04), o líder do Método Wolbachia no Brasil, Luciano MoreiraFoto: Divulgação

Foi dado o primeiro passo para a implantação de um método inovador de combate aos casos de dengue, zika e chikungunya em Petrolina. O prefeito Miguel Coelho (MDB) recebeu, nesta quarta-feira (04), o líder do Método Wolbachia no Brasil, Luciano Moreira, para discutir a implementação do novo modelo no município. Participaram também da reunião, representantes das secretarias municipal e estadual de saúde e da equipe de operações da Fundação Oswaldo Cruz.

Este método de controle das arboviroses foi desenvolvido na Austrália pelo World Mosquito Program (WMP) e atualmente opera em 12 países e mais de 20 cidades. No Brasil, o Método Wolbachia é implementado pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), com apoio do Ministério da Saúde, da Prefeitura e do Governo de Pernambuco.

Petrolina será a primeira cidade do Nordeste a receber a iniciativa. No Rio de Janeiro (RJ) e Niterói (RJ), o Método Wolbachia está implementado desde 2014 e já existem dados preliminares que apontam a redução de 70% dos casos de chikungunya. Campo Grande (MS) e Belo Horizonte (MG) também irão receber a nova metodologia Wolbachia ainda neste ano.

A previsão é que as ações de campo do programa comecem em Petrolina no próximo semestre, após instalação de uma biofábrica que está em fase de modelagem pelas equipes do Ministério da Saúde, governos estadual e municipal e do WMP Brasil/Fiocruz. "É uma grande notícia para a nossa cidade. Petrolina será a primeira cidade do Nordeste a testar esse modelo que está dando resultados muito positivos. Acreditamos que será um grande avanço para a saúde da população e coloca nossa cidade mais uma vez como referência em saúde pública", ressaltou o prefeito Miguel Coelho após a reunião.

O método, segundo os pesquisadores do programa, é totalmente seguro para a população. O processo consiste em lançar na cidade mosquitos Aedes Aegypti com Wolbachia (um microorganismo que inibe o vírus da dengue, zika e chikungunya). A ideia é estimular a reprodução com os mosquitos locais para gerar uma nova população de Aedes sem o vírus. "Não existe modificação genética no Método Wolbachia. Essa é uma iniciativa sem fins lucrativos para proteger a comunidade dessas doenças. A grande vantagem é da autossustentabilidade do processo. Tem áreas no Rio, onde adotamos o método, que paramos o trabalho já há quatro anos e mais de 90% dos mosquitos contém a Wolbachia protegendo a população", explica o líder do programa, Luciano Moreira.

Antes das liberações de mosquitos com Wolbachia, serão realizadas ações de engajamento comunitário, que é uma fase em que se apresenta como o método funciona e se dialoga com a população para tirar as dúvidas. Após definição do plano operacional, agentes de saúde, professores e outros profissionais do município serão capacitados para atuar na divulgação do método. Mais informações sobre o Método Wolbachia podem ser obtidas no site wmpbrasil.org, nas redes sociais (@wmpbrasil) ou via WhatsApp, pelo número (21) 99643-4805.

Mais de três mil famílias serão diretamente beneficiadas pela obra
Mais de três mil famílias serão diretamente beneficiadas pela obraFoto: Divulgação

Com previsão de investimentos de R$ 15 milhões, a ordem de serviço para operação e manutenção do Projeto de Irrigação do Sistema Itaparica foi assinada ontem, 2 de março na presença do diretor-presidente da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf), Marcelo Moreira, e do coordenador da bancada de Pernambuco, o deputado federal Augusto Coutinho (Solidariedade-PE), que havia levado a demanda ao órgão. Mais de três mil famílias serão diretamente beneficiadas pela obra.

“Este é um momento muito especial. É um problema existia desde outros governos desde outros governos e contamos com o apoio da bancada, em especial do senador Fernando Bezerra Coelho, para levar até a Chesf esta e outras demandas e viabilizar soluções. Nosso estado é um estado que historicamente sofre com falta de água e eu agradeço publicamente ao presidente Marcelo que tem assumido a bandeira da irrigação”, disse o deputado Augusto Coutinho.

O lago de Itaparica fica na cidade de Petrolândia, Sertão do São Francisco, onde há mais de 10 anos moradores da região trabalham com a pesca da tilápia. Essa atividade movimenta cerca de R$ 500 mil reais por mês, sendo obtidas mais de 100 toneladas mensais do peixe para venda. “Este contrato foi uma grande conquista para a nossa cidade, mas também para a região. Os agricultores petrolandenses sonhavam com esta obra. Além deles, mais de três mil famílias serão beneficiadas em todo o Sistema Itaparica. Estamos muito felizes com mais esta vitória”, disse a prefeita Jane Souza.

O trabalho dos piscicultores foi destacado pelo diretor-presidente da Codevasf, Marcelo Moreira que também chamou atenção para o que classifica como novo período de investimentos da Codevasf. “Esse projeto de irrigação sempre ficou no limbo entre a Chefs e o início de operações da Codevasf. Nós inauguramos um novo momento e vamos trabalhar para que isso (a produção do lago de Itaparica) seja nacionalmente reconhecido. Sabemos o quanto essas pessoas trabalham e se dedicam nesses perímetros não só para alimentar suas famílias, mas também para abastecer diversas cidades do entorno que movimentam sua economia pelos produtos produzidos neste projeto”.

Durante a cerimônia, o deputado Augusto Coutinho também lembrou outros projetos do Sertão do São Francisco que estão no alvo de captação de recursos junto à Codevasf, entre eles o projeto Fulgêncio, localizado em Santa Maria da Boa Vista, destinado à agricultura familiar. “Eu vou continuar indo na Codevasf, batendo na porta, porque essa é minha função enquanto parlamentar e temos várias demandas aqui do interior que precisam que o poder publico olhe diferente e o presidente Bolsonaro tem olhado isso”, disse Augusto Coutinho.

Valor vai beneficiar 3 mil famílias que vivem em 10 mil hectares de área irrigada
Valor vai beneficiar 3 mil famílias que vivem em 10 mil hectares de área irrigadaFoto: Divulgação

O deputado Antonio Coelho (DEM) participou nesta segunda-feira (2), em Petrolândia, do anúncio de R$ 15 milhões em investimentos nos projetos de irrigação do Sistema Itaparica. Os recursos, da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf), já foram empenhados e vão permitir a realização de obras nos canais do Sistema Itaparica, beneficiando 3 mil famílias que vivem em 10 mil hectares de área irrigada.

“Um hectare irrigado gera três empregos. Então, esse investimento ajudará na preservação de 30 mil empregos. Essa iniciativa demonstra o compromisso do Governo Federal com o sertanejo, com o homem do campo, com as famílias que têm a agricultura irrigada como fonte de trabalho e renda”, afirmou Antonio Coelho, durante cerimônia na Câmara de Vereadores de Petrolândia, ao lado do presidente da Codevasf, Marcelo Moreira, e do superintendente Aurivalter Cordeiro.

Os projetos irrigados do Sistema Itaparica situados em Pernambuco ocupam uma área total de 58 mil hectares, com área irrigável de 10 mil hectares. As principais culturas são banana, goiaba, manga, mamão, coco, feijão, melancia, abóbora, cebola e hortaliças.

Com a aquisição dos equipamentos, população terá novos exames disponíveis
Com a aquisição dos equipamentos, população terá novos exames disponíveisFoto: Divulgação

Com o objetivo de ampliar a oferta de serviços de saúde à população, o Governo Municipal de Sertânia realizou investimentos no laboratório de análises clínicas do município. A Prefeitura adquiriu novos equipamentos, visando à modernização do ambiente e possibilitando mais agilidade na realização dos exames laboratoriais. Uma ação que garante maior eficiência no atendimento.

O laboratório, que funciona no Hospital Maria Alice Gomes Lafayette, recebeu um aparelho bioquímico novo, com capacidade de analisar 160 amostras/hora, dependendo do tipo de averiguação. Esse equipamento permitiu a redução no tempo de espera. Para se ter uma ideia, antes o cidadão aguardava em média 30 dias, após a marcação, para fazer o exame e receber o resultado. Hoje, os exames de rotina são feitos e entregues dentro de uma semana e os de emergência no mesmo dia. A celeridade contribui para que os pacientes não sofram com a espera e ajuda no tratamento correto.

Outro instrumento adquirido foi um deionizador de água, responsável por produzir água quimicamente pura. Sem essa ferramenta, a Prefeitura chegou a gastar, em 2019, R$ 16 mil com água deionizada. A aquisição permitiu uma economia e garantiu a mesma qualidade. Além dos aparelhos, o laboratório agora oferece novos exames, em especial de emergência, como de enzimas cardíacas, que são solicitados em caso de suspeita de infarto agudo do miocárdio.

O laboratório de Sertânia realiza 50 tipos exames, a exemplo de troponina, hemograma, sumário de urina, tuberculose e hanseníase. São feitas cerca de 6.000 investigações por mês. Uma demanda que chega das UBSFs, Centro de Saúde da Mulher e da Criança, NASF, unidades de referências e do próprio Hospital.

A equipe é composta por 12 profissionais, entre analistas e as pessoas responsáveis pela digitação, marcação e entrega de resultados. O Laboratório Municipal funciona de segunda à sexta-feira, das 7h às 22h, e com rotatividade dos trabalhadores nos fins de semana. Os serviços são oferecidos de forma gratuita aos usuários do SUS.

O farmacêutico/bioquímico, José Fábio Bezerra, responsável pelo Laboratório de Saúde Pública Municipal, falou sobre a satisfação com os investimentos realizados, “Uma grande conquista para o município, para a saúde de Sertânia. Vamos melhorar mais, porque novidades virão. Estamos trabalhando e organizando a equipe para darmos um suporte maior nessa parte de exames laboratoriais”.

As melhorias no laboratório municipal fazem parte de uma política de ações feitas na saúde de Sertânia, como a reforma de espaços do Hospital Maria Alice Gomes Lafayette, a exemplo do bloco cirúrgico e a sala de Raio X. A Prefeitura também construiu e reformou postos de saúde, como a UBSF do Ferro Novo/ Ferro Velho e do distrito de Henrique Dias. As revitalizações alcançaram, ainda, outros prédios da saúde, como o CAPS e CEO.

A gestão adquiriu um ônibus TFD e carros para atendimentos domiciliares. Já o material humano vai receber reforço após a realização do concurso público, realizado em 2019. O objetivo é elevar o quadro funcional da equipe de assistência de saúde.

sertânia

Professores terão reajuste salarial em Afogados da Ingazeira
Professores terão reajuste salarial em Afogados da IngazeiraFoto: Divulgação

A Prefeitura de Afogados da Ingazeira, município do Sertão do Pajeú, anunciou que aumentará o salário dos professores da rede municipal em 12,84%. O piso salarial é o menor valor de salário que pode ser pago dentro de uma categoria profissional específica. O piso é, necessariamente, superior ao salário mínimo vigente, e pode ser fixado em lei específica.

O reajuste será concedido a partir do mês de março e representará um impacto no orçamento público anual da gestão da ordem de 2,8 milhões de Reais. Segundo a Secretária de Educação de Afogados, Veratânia Lacerda, em Afogados nenhum servidor recebe abaixo do piso salarial. Todos os professores, ativos e inativos, terão direito ao reajuste.

De acordo com estudo divulgado pela CNM – Confederação Nacional dos Municípios – os critérios atuais de reajuste, em que não há preocupação com as fontes de custeio, o crescimento do piso é muito acima da inflação. Para se ter uma ideia desse impacto, entre 2009 e 2020, o aumento salarial para a categoria foi de 203,61%, enquanto o salário mínimo no mesmo período, teve reajuste de 121,7%. O impacto nas finanças dos municípios brasileiros ultrapassa a casa dos 8,5 bilhões de Reais.

Com auxílio de quatro telões, os fiscais da Ammpla monitoram as linhas em gráficos que apontam, em tempo real, os horários, paradas e rotas de toda a frota.
Com auxílio de quatro telões, os fiscais da Ammpla monitoram as linhas em gráficos que apontam, em tempo real, os horários, paradas e rotas de toda a frota.Foto: Jonas Santos

A Prefeitura de Petrolina já colocou em funcionamento um novo sistema de monitoramento e fiscalização que acompanha durante 24 horas a operação dos 83 ônibus das 21 linhas que circulam pela cidade. O monitoramento que abarca ainda 420 pontos de ônibus é feito no Centro de Controle de Operações (CCO) da Autarquia Municipal de Mobilidade (Ammpla) de onde os fiscais da prefeitura acompanham em tempo real os trajetos de todos os veículos.

Com auxílio de quatro telões, os fiscais da Ammpla monitoram as linhas em gráficos que apontam, em tempo real, os horários, paradas e rotas de toda a frota. O sistema permite a fiscalização através do GPS instalado em cada um dos 83 novos ônibus que passaram a circular em Petrolina no final de 2019.

De acordo com o diretor presidente da Ammpla, Edilson Leite, a ideia é que esta plataforma, possa melhorar a qualidade do serviço prestado aos usuários de Petrolina. "Os usuários já perceberam que houve uma melhoria significativa no transporte público com a chegada de uma nova empresa, isso é notório. Mas nós, enquanto órgão fiscalizador, precisamos monitorar a quantidades dos ônibus de cada linha em circulação, acompanhar os trajetos e assim verificar quais melhorias são necessárias em cada bairro”, disse.

Ainda segundo “Edilsão do Trânsito”, a ideia é que a prefeitura implante melhorias significativas através do Sistema Integrado de Mobilidade (SIM) que inclui também a instalação de novos abrigos de ônibus, pavimentação de corredores exclusivos de ônibus e melhorias nas linhas.

Novos corredores – no último mês, o prefeito Miguel Coelho anunciou que a prefeitura vai investir R$ 15,2 milhões em obras para melhorar a mobilidade em corredores de transporte coletivo.

Serão pavimentadas 12 ruas e avenidas nos bairros Loteamento Recife, Vila Débora, Padre Cícero, Santa Luzia, Dom Avelar, José e Maria, Pedro Raimundo, Park Massangano, Cosme e Damião e Vila Eulália. Todas tem fluxo permanente de ônibus, formando um eixo estratégico para a mobilidade de Petrolina. As obras tem previsão de entrega de oito meses.

Fernando Monteiro está alinhado com o governador Paulo Câmara
Fernando Monteiro está alinhado com o governador Paulo CâmaraFoto: divulgação

O deputado federal Fernando Monteiro (PP-PE) consolidou, junto à sua base de prefeitos da região do São Francisco, o alinhamento junto ao governador Paulo Câmara (PSB). Humberto Mendes, de Santa Maria da Boa Vista; Josimara Cavalcanti, de Dormentes; Rafael Cavalcanti, de Afrânio, e Cleomatson Vasconcelos, de Santa Filomena, no Araripe, sempre juntos ao parlamentar pernambucano, se filiaram, nesta sexta-feira (14), ao PSB de Paulo Câmara, em ato do partido, que ocorreu no Senac de Petrolina.

“São prefeitos guerreiros, unidos por um projeto, o de transformar suas cidades. As filiações consolidam o objetivo de pessoas comprometidas com o trabalho. Juntos, com suas lideranças, unidos num ideal comum, temos muito a fazer. Nossa meta é a mesma: avançar por Pernambuco”, enfatizou Fernando Monteiro. O avanço dos projetos para melhoria das cidades sertanejas através das emendas do parlamentar e a liberação de recursos articulados pelo deputado em Brasília e junto ao governo estadual reforçam o apoio dos gestores ao seu mandato.

O deputado destaca que sua presença constante nas cidades sertanejas e agrestinas. Em 2019, quando o atual mandato começou, o parlamentar esteve em 41 municípios, mais de uma vez em muitos deles, chegando a 96 mil quilômetros rodados. No seu primeiro mandato, o deputado percorreu mais de 300 mil km de estrada no Estado e garantiu mais de R$ 1 bilhão em recursos para Pernambuco.

"Mais uma resposta em socorro à nossa economia, já que o governo Bolsonaro deu as costas aos micro e pequenos empreendedores", disse Humberto
"Mais uma resposta em socorro à nossa economia, já que o governo Bolsonaro deu as costas aos micro e pequenos empreendedores", disse HumbertoFoto: Roberto Stuckert Filho

O senador Humberto Costa (PT-PE) percorre o Sertão do Estado nesta sexta-feira (14). O parlamentar tem agenda nos municípios de São José do Egito e Tabira, no Pajeú. Na visita aos municípios, o senador vai encontrar lideranças locais para discutir novas emendas nas duas cidades, inaugurar obras, entregar equipamentos e debater a pauta nacional, em especial o desmonte de políticas públicas promovido pelo governo Jair Bolsonaro.

“Em tempos de fake news e desmandos sem tamanho cometidos por essa gestão nefasta, é fundamental conversar com a população. Poder olhar olho no olho, ouvir as demandas e entender os anseios do povo é uma das mais importantes coisas que um parlamentar deve fazer. Nesse momento, em que há todo um ataque aos trabalhadores, é fundamental também poder reunir as pessoas e juntar forças contra esses desmandos”, afirmou o senador.

Além de explicar os ataques do governo Bolsonaro a direitos e conquistas, o senador também vai participar da entrega de equipamentos agrícolas à Associação de Desenvolvimento Comunitário de Fazenda Nova, às 15h, em São José do Egito. A ação é resultado de uma emenda de R$ 134.837,99 para a compra de trator, ensiladeira, sucador, carreta, pulverizador, guincho, microtrator, carreta e roçador, adquiridos por intermédio da Codevasf com recursos destinados por Humberto. Além de lideranças políticas locais, também estará presente o deputado federal Carlos Veras (PT).

Já em Tabira, Humberto inaugura a Academia da Saúde do bairro de Riacho do Gado. O novo espaço de lazer da cidade é fruto de uma emenda parlamentar do senador, no valor de R$125mil. Além do líder petista, participam do evento o prefeito do município, Sebastião Dias (PTB), e o deputado Carlos Veras.

“Fico muito feliz também de poder acompanhar ações que são resultado do nosso trabalho em Brasília e desse diálogo junto à população para entender as demandas do povo e atender às suas necessidades da melhor maneira possível”, disse Humberto.

O prefeito Miguel Coelho e o presidente da Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI), Igor Calvet, assinaram o protocolo para implantação do projeto
O prefeito Miguel Coelho e o presidente da Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI), Igor Calvet, assinaram o protocolo para implantação do projetoFoto: Divulgação

Um centro para incentivar a inovação e tecnologias sustentáveis será implantado pelo Governo Federal no meio do Sertão. O prefeito Miguel Coelho (MDB) e o presidente da Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI), Igor Calvet, assinaram um documento que oficializa o processo de implantação em Petrolina de um Living Lab (laboratório vivo) voltado para cidades inteligentes. O protocolo foi celebrado na sede da instituição federal, nesta terça (11), em Brasília.

Será o primeiro equipamento desse tipo no Brasil com finalidade pública e gerenciado em parceria com uma prefeitura. O hub de inovação (espécie de núcleo para convívio de iniciativas e empresas de tecnologia) atuará no desenvolvimento de pesquisas e trabalhos voltados para soluções sustentáveis e de caráter inovador em conexão com as características da cidade sertaneja. Uma estrutura similar foi implantada pela ABDI em Foz do Iguaçu, mas em uma estrutura privada, enquanto em Petrolina será cogerenciado por instituições do poder público e participação de empresas. Na cidade paranaense, o projeto foi voltado para estudos e testes com veículos elétricos compartilhados, monitoramento com drones, iluminação pública integrada inteligente e gerenciamento de dados climáticos.

O passo seguinte à assinatura do documento será o planejamento de instalação da estrutura em Petrolina e prospecção de parceiros na iniciativa privada para se associarem ao novo hub de tecnologia. "É uma aposta no futuro e no presente. Estamos dando um pontapé para uma parceria muito importante com a ABDI, a primeira celebrada com uma prefeitura, que mais adiante vai gerar tecnologia, desenvolvimento, empregos e qualidade de vida ao nosso povo. Mais uma vez Petrolina mostra que está à frente, pensando grande, com pés no chão, mas o olhar no futuro", comemorou o prefeito após testar um veículo movido à eletricidade.

Segundo a ABDI, a cidade pernambucana foi escolhida por fazer parte da Rota de Tecnologias de Informação e Comunicação (TICs) do Ministério de Desenvolvimento Regional (MDR). A iniciativa é também uma estratégia para descentralizar do eixo sul-sudeste as ações de inovação promovidas pela agência.

Viadutos - ainda na agenda em Brasília, o prefeito junto com o senador Fernando Bezerra se reuniram com o diretor-geral do DNIT, general Santos Filho, para tratar da liberação de recursos para novos viadutos em Petrolina. No caso da estrutura a ser montada na Avenida Sete de Setembro, também está prevista a implantação de uma ciclovia. A expectativa é de que as obras do viaduto nesse corredor sejam iniciadas em junho. Já para a Avenida Honorato Viana, o prefeito aguarda a aprovação dos investimentos a fim de permitir que este ano o projeto saia do papel.

miguel



A obra recebeu R$ 3,5 milhões de recursos federais, articulados por FBC e Fernando Filho junto à Codevasf
A obra recebeu R$ 3,5 milhões de recursos federais, articulados por FBC e Fernando Filho junto à CodevasfFoto: Divulgação

O senador Fernando Bezerra Coelho (MDB) e o deputado federal Fernando Filho (DEM) visitaram, nesta sexta-feira (7), as obras do abatedouro frigorífico de Dormentes, no Sertão do São Francisco. Com capacidade para o abate de 200 animais por dia, o local será especializado em caprinos e ovinos e contará com modernas instalações e equipamentos. A obra recebeu R$ 3,5 milhões de recursos federais, articulados por FBC e Fernando Filho junto à Codevasf, em 2019.

“Essa é uma demanda antiga da população, que beneficiará não apenas a cidade de Dormentes, mas todo o Sertão do São Francisco. Com isso, eu quero renovar o meu compromisso de continuar fazendo por Dormentes. Ficamos muito felizes por poder viabilizar essa iniciativa, com recursos do governo federal, que tem sido cada vez mais parceiro da população de Pernambuco. Além disso, é uma feliz homenagem a um grande homem público da história de Dormentes, o ex-prefeito Geomarco Coelho”, afirmou FBC, em reunião na Associação dos Criadores de Caprinos e Ovinos de Dormentes, junto com a vereadora Rosarinha. Na ocasião, Fernando Bezerra também garantiu que vai trabalhar para trazer recursos e viabilizar a implantação de uma casa de mel no município ainda este ano.

“Esse abatedouro terá toda a estrutura para cortes especiais, produção de embutidos e cinco câmaras frias. Também garantimos recursos para a aquisição de dois caminhões para transporte de animais, o que vai favorecer aos criadores na distribuição. E em 2020, ainda vamos trazer, via Codevasf, mais quatro tratores, um caminhão pipa, mais de 38 poços ativados com energia solar, além de outras ações. Somando tudo, serão mais de R$ 8 milhões, um dos maiores investimentos da história de Dormentes”, anunciou Fernando Filho.

Além da agenda em Dormentes, Fernando Bezerra Coelho e Fernando Filho visitaram uma unidade básica de saúde e uma creche em Petrolina, acompanhados pelo prefeito Miguel Coelho (MDB). Também se reuniram com lideranças locais.

assuntos

comece o dia bem informado: