Governador Paulo Câmara
Governador Paulo CâmaraFoto: Roberto Pereira/SEI

Por Carol Brito
Da Folha de Pernambuco

O governador Paulo Câmara (PSB) afirmou que seguirá as recomendações feitas pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE-PE) no julgamento das contas do Governo do Estado referente ao exercício financeiro de 2015. O parecer do tribunal foi a favor da aprovação sem ressalvas, mas foram expedidas quatro recomendações: a ausência da prestação de contas por parte dos municípios no Fundo Estadual de Apoio ao Desenvolvimento Municipal (FEM), empenhar e liquidar despesas orçamentárias, propor e definir indicadores a serem utilizados na aferição dos resultados dos programas constantes do PPA (Plano Plurianual) e criar um grupo de trabalho específico para verificar se foram cumpridas as recomendações feitas pelo órgão no exame das prestações de contas anteriores.

"A informação que tive foi que as contas foram aprovadas sem ressalvas e recomendações sempre são bem-vindas. Nós vamos cumprir as recomendações do tribunal, que tem uma atuação fundamental para gestão pública como um órgão de controle. O importante é que, mais uma vez, nós podemos mostrar com transparência tudo que vem sendo feito pelo nosso governo. O que mostra claramente nosso profissionalismo e responsabilidade", avaliou Paulo Câmara, após o Ato de sanção da Lei que cria as Companhias Independentes de Polícia de Tamandaré e Araripina, nesta quarta-feira (19).

>>Leia também:
TCE acata parecer pela aprovação das contas de Paulo Câmara de 2015

assuntos

comece o dia bem informado: