Palácio do Campo das Princesas
Palácio do Campo das PrincesasFoto: Rafael Furtado/Folha de Pernambuco

Apesar de trabalhar com o tempo nas articulações para a reformulação do secretariado e para a chapa majoritária visando às eleições estaduais, o Palácio do Campo das Princesas segue costurando as duas formatações, visto que uma situação está diretamente ligada a outra. Alguns destes espaços estão praticamente preenchidos, como André Campos (PSB) na Casa Civil, José Neto na chefia de gabinete, e Antônio Junior, ligado ao PR, nos Transportes. Nos bastidores, comenta-se que o governador Paulo Câmara (PSB) teria sinalizado positivamente para o Solidariedade na Habitação.

Câmara vem conversando com os presidentes estaduais dos partidos para alinhar os espaços. O gestor se reuniu, na última semana, com o presidente estadual do PSC, deputado estadual André Ferreira, e seu irmão, prefeito de Jaboatão dos Guararapes, Anderson Ferreira (PR), e, depois, com o presidente estadual do SD, deputado federal Augusto Coutinho, e com o deputado estadual Alberto Feitosa (SD). Os primeiros reivindicaram espaço na majoritária para André, que é pré-candidato ao Senado. Já o SD pleiteou Habitação e teria sido aceito. Atualmente, Raul Menezes, ligado ao ex-secretário e deputado federal Kaio Maniçoba (SD), está a frente da pasta.

Segundo aliados, o governador deve realizar o mínimo de alterações possíveis, sem prazo para anunciar os auxiliares. Antes de fechar a equipe, todavia, Câmara deve se reunir com o presidente estadual do PP, deputado federal Eduardo da Fonte, que, após a investigação de obstrução de Justiça, entrou em ostracismo. O partido pleiteia Desenvolvimento Econômico ou Turismo. Contudo, aliados ponderam que o PP já possui espaço suficiente no Governo. Especula-se que a vaga na majoritária para Eduardo da Fonte seria a forma de contemplar o partido.

assuntos

comece o dia bem informado: