Bruno Ribeiro é o presidente estadual do PT
Bruno Ribeiro é o presidente estadual do PTFoto: FLÁVIO JAPA /Arquivo Folha

A nove dias da convenção estadual do PT - marcada para 2 de agosto -, a Comissão Executiva estadual do partido decidiu, nesta terça-feira (24), buscar nos próximos dias as legendas que estão na órbita petista para dialogar. Com as possibilidades de aliança com o governador Paulo Câmara (PSB) ou a candidatura da vereadora do Recife, Marília Arraes (PT), um grupo com representantes das duas teses devem se reunir com PSB, Avante e PROS, além de outras siglas menores.

Leia também:
Com prazo apertado, PT e PSB tentam fechar alianças


Nas hostes petistas, havia um desconforto do grupo aliancista e de alguns membros da direção do partido de, supostamente, não estarem sendo comunicado por Marília Arraes sobre as costuras que a pré-candidata estaria fazendo. A petista, contudo, atualizou os correligionários acerca das alianças articuladas até aqui e os partidos que já possuem abertura de diálogo.

Segundo o presidente estadual do partido, Bruno Ribeiro, o PT precisa conversar com as legendas que estão na órbita em relação às duas hipóteses - aliança ou candidatura própria - até para subsidiar os correligionários com informações e opiniões. “Vamos ter reuniões com todos os partidos visando a todos os cenários e um grupo vai conduzir este diálogo”, disse. Além de Ribeiro, os vice-presidentes Glaucus Lima e Oscar Barreto, o secretário-geral João da Costa e a secretária de Comunicação Sheila Oliveira, que também é membro da direção nacional.

assuntos

comece o dia bem informado: