Deputados federais João Campos e Tadeu Alencar, ambos do PSB.
Deputados federais João Campos e Tadeu Alencar, ambos do PSB.Foto: Divulgação

O deputado federal Tadeu Alencar (PSB) se posicionou em relação à informação publicada no Blog da Noelia Brito, nesta sexta-feira (17). Segundo a publicação, em razão de maus resultados em pesquisas qualitativas feitas pelo PSB e do agravamento da briga familiar envolvendo os Campos, os Arraes e os Andrade Lima, teria sido convocada uma reunião na noite desta quinta (16), onde "se cogitou a substituição do deputado João Campos, que já era dado como candidato certo do PSB à sucessão de Geraldo Julio, que sonha em ser o próximo governador de Pernambuco, por outro nome do PSB. Em substituição a João Campos, outro integrante do condomínio político-familiar socialista, o deputado Tadeu Alencar, figuraria como o preferido de Renata Campos, comandante do grupo político que governa Pernambuco e Recife".

"Segundo nossas fontes palacianas, por ser ainda muito jovem, João tem apenas 25 anos, a cúpula do PSB, comandada por Renata Campos, mãe do deputado, tem avaliado que seria preferível poupá-lo de uma eventual derrota e lançar outro nome, deixando uma eventual candidatura do jovem parlamentar a um cargo majoritário para momento em que o desgaste das gestões socialistas não esteja tão forte. É esperar para conferir", conclui a publicação de Noélia.

À Folha de Pernambuco, Tadeu Alencar se posicionou para negar a informação. "A única coisa que tenho a dizer sobre isso é que pura fantasia. Não é cogitado de forma nenhuma no PSB. O PSB tem a pré-candidatura colocada, que é de João Campos. Não houve nenhuma modificação com relação a isso e muito menos com relação ao meu nome". Já o Governo do Estado preferiu não comentar sobre o assunto.

assuntos

comece o dia bem informado: