Fogo Cruzado

Inaldo Sampaio

ver colunas anteriores

O PT pernambucano recebeu com surpresa a notícia de que oito deputados federais do PSB convidaram o ex-ministro Joaquim Barbosa para ser o candidato do partido à Presidência da República nas eleições do próximo ano. Da comitiva que fez o convite fizeram parte os pernambucanos Danilo Cabral e Tadeu Alencar numa clara demonstração de que o PSB de Pernambuco não estaria mais fazendo fé na candidatura do ex-presidente Lula à sucessão de Michel Temer. O convite ao ex-ministro foi avalizado pelo presidente nacional do partido, Carlos Siqueira, que está à procura de candidato próprio e só o levará para os braços de Lula se não houver outra alternativa. Essa movimentação do PSB deve estar preocupando Humberto Costa, que estaria apostando no retorno do seu partido à Frente Popular com duas finalidades: garantir sua candidatura à reeleição na chapa do governador Paulo Câmara e o apoio do PSB nacional à candidatura lulista. Porém, como o PSB perece ter perdido o interesse numa aliança com os petistas, o senador está correndo o risco de levar o seu partido para o isolamento - ou seja, rejeita o movimento “Pernambuco quer mudar” e seria rejeitado pelo PSB.

Escuridão
Hoje faz exatos 49 anos que o Brasil mergulhou na escuridão. Em 13/12/1968, o então presidente Arthur da Costa e Silva, general de Exército, editava o Ato Institucional nº 5 que suprimiu as liberdades democráticas e atirou o país numa ditadura.

Renúncia > Alegando falta de tempo para cuidar dos negócios do filho, a vice-prefeita de Aracoiaba (CE), Maria Valmira Silva de Oliveira, conhecida como “Dona Biu”, mãe do cantor Wesley Safadão, renunciou ontem ao cargo de vice-prefeita do município.

Sufoco > Apesar das constantes quedas do FPM, o prefeito de Limoeiro, João Luiz Filho (PSB), o “Joãozinho”, pagou ontem o 13º do funcionalismo e anunciou R$ 40 milhões em obras com recursos do município, do Governo do Estado e do Governo Federal.

O ausente >
A deputada Laura Gomes (PSB), diz que faltou apenas Michel Temer no ato público das oposições denominado “Pernambuco quer mudar”. Já o ex-governador João Lyra Neto (PSDB) definiu o ato como “o maior movimento político que houve em PE nos últimos anos”.

Dívida > Do radialista Geraldo Freire após receber ontem no TCE a Medalha Nilo Coelho: “Pernambuco está devendo uma homenagem a dois dos seus ilustres filhos: Reginaldo Rossi, que cantou o Recife como ninguém, e Cid Sampaio (ex-governador)”.

Oposições > Caso não haja acidente de percurso, o movimento “Pernambuco quer mudar” deverá agregar mais quatro partidos até abril do próximo ano: PMDB, PPS, PSC e Avante. Com probabilidade de agregar também o PR, caso esse partido saia do controle de Sebastião Oliveira.

Paladino > O ex-ministro Gustavo Krause diz ter “horror” a “paladino” e os fatos lhe dão razão. Ontem, a 1ª Turma do STF aceitou denúncia contra o senador José Agripino (DEM-RN), que se comportava no Senado como “paladino da ética”, por corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

veja também

comentários

comece o dia bem informado: