Luiz Inácio Lula da Silva
Luiz Inácio Lula da SilvaFoto: CARL DE SOUZA / AFP

Em nota, o PSDB de São Paulo afirmou nesta sexta-feira (8) que "se soma aos milhões de brasileiros que, neste momento, se frustram com a soltura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva".

Assinada pelo presidente do diretório estadual, Marco Vinholi, a nota afirma que a decisão do STF (Supremo Tribunal Federal) não inocenta Lula. "A Justiça brasileira precisará ser mais eficiente para mostrar à sociedade que a presunção de inocência não será transformada na certeza de impunidade."

Leia também:
Bolsonaro fala sobre soltura de Lula e pede para não dar 'munição ao canalha'
Lula chama Bolsonaro de mentiroso e diz que 'país pode ser muito melhor'
'Hoje é dia triste para quem é honesto', diz Eduardo Bolsonaro


Assim como o presidente nacional do partido, o diretório estadual afirma que "é preciso respeitar a decisão judicial", e também a avaliação do STF, que mudou o entendimento da prisão após julgamento em segunda instância.

Segundo a nota, o partido espera que a liberdade de Lula não promova a radicalização dos discursos, em uma política do "quanto pior melhor", atrapalhando a retomada do crescimento do país.

veja também

comentários

comece o dia bem informado: