Desde 2014, somos membros da Confederação Oxfam, que conta com 19 organizações atuando em 93 países
Desde 2014, somos membros da Confederação Oxfam, que conta com 19 organizações atuando em 93 paísesFoto: Kenneth Huari/ICLEI

As boas práticas realizadas pelos Compaz do Recife levaram as Fábricas de Cidadania da Prefeitura do Recife a serem reconhecidas como o melhor projeto de redução de desigualdade social do Brasil, pela Oxfam Brasil e Programa Cidades Sustentáveis, no 3º Prêmio Cidades Sustentáveis. O prefeito Geraldo Julio recebeu o reconhecimento ao trabalho feito nos Compaz, durante a Conferência “Catalisando Futuros Urbanos Sustentáveis”.

No evento, o prefeito também participou da Rodada de Prefeitos, como presidente do ICLEI América do Sul e representando o presidente mundial do ICLEI, o prefeito de Bonn, na Alemanha, Ashok Sridhran.

“Aqui em São Paulo, a gente acabou de receber um prêmio da Oxfam, que é a instituição mais respeitada no mundo quando se fala em desigualdade social, e do Programa Cidades Sustentáveis, para o nosso Compaz, que foi escolhido como o melhor projeto de redução de desigualdade do Brasil. Estou muito feliz com esse resultado. O recifense conhece o Compaz, sabe que ele atende a crianças, a idosos e gera oportunidade para quem dificilmente tem oportunidades. E agora a gente fica muito feliz com o reconhecimento de uma entidade internacional, que luta pelo combate a desigualdade no mundo inteiro, e reconhece o nosso Compaz como o melhor projeto do Brasil”, comemorou o prefeito Geraldo Julio.

Com sua primeira unidade inaugurada em 2016, no Alto de Santa Terezinha, o Compaz foi concebido sob a ideia de oferecer, em um único espaço lazer, esporte, educação e oferta de serviço, com o propósito de garantir inclusão social e fortalecimento comunitário em áreas de vulnerabilidade social. O prêmio Cidades Sustentáveis tem como objetivo estimular as cidades a adotarem práticas que contribuam para a redução das desigualdades no país e é promovido pelo Programa Cidades Sustentáveis e pela Oxfam Brasil, com apoio do CITinova, Instituto Arapyu e Fundação Ford, em parceria com a Associação Brasileira de Municípios e Frente Nacional de Prefeitos.

A Oxfam Brasil faz parte de uma confederação global que tem como objetivo combater a pobreza, as desigualdades e as injustiças em todo o mundo. Desde 2014, somos membros da Confederação Oxfam, que conta com 19 organizações atuando em 93 países. No total, somos mais de 10 mil funcionários e 55 mil voluntários pelo mundo, contribuindo para aliviar a vida de milhões de pessoas em situação de emergência e contribuir para a transformação social com base nos direitos humanos e no desenvolvimento justo e igualitário.

OS COMPAZ - Os Centros Comunitários da Paz - Compaz - foram concebidos com foco na prevenção à violência, por meio da difusão da cultura de paz, inclusão social e fortalecimento comunitário. Baseado na experiência colombiana das Bibliotecas Parques e também de outras fontes de espaços de cidadania, o Compaz possui duas unidades no Recife. Conhecidos como "Fábricas de Cidadania", os equipamentos se destacam tanto pela estrutura, quanto pela quantidade dos serviços e atendimentos oferecidos.

A primeira unidade foi inaugurada em 12 de março de 2016, no bairro do Alto Santa Terezinha, Zona Norte da cidade. O Compaz Governador Eduardo Campos oferece diversos atendimentos e atividades esportivas, com destaque para o Dojô, espaço de artes marciais, que chegou a marca de mais de 800 praticantes.

Em março de 2017, a segunda unidade foi entregue à população no bairro do Cordeiro: o Compaz Escritor Ariano Suassuna. Entre os destaques da unidade da zona oeste está o Ateliê Compaz, cujo foco é capacitar os participantes para geração de renda. Juntos eles atendem mais de 33 mil pessoas e já realizaram mais de 2 milhões de atendimentos.

Os dois equipamentos em atividade, além de garantir cidadania, oportunidades e transformar a realidade das regiões onde estão inseridos, já demonstram resultados efetivos na redução dos índices de violência. O Ariano Suassuna registrou 40% de redução nos homicídios no seu entorno, enquanto o bairro do Alto Santa Terezinha, onde fica o Compaz Eduardo Campos, não registrou nenhum homicídio em 2018. Estão em andamento as obras do Compaz Dom Hélder Câmara, no Coque e Governador Miguel Arraes, na Caxangá.

RODADA DE PREFEITOS - Pela manhã, ainda na conferência, o prefeito Geraldo Julio também participou da “Rodada dos Prefeitos”, onde destacou a importância da participação dos governos locais no enfrentamento a crise climática. Segundo o prefeito, a participação dos municípios é fundamental no debate global, pois é onde está a maior parte da população do planeta e onde ocorre a maior parte das emissões.

“Primeiro, é preciso reconhecer a crise climática como um problema a ser enfrentado e assumir o compromisso global de cuidar dessa crise. Estive pessoalmente na COP 19 e COP 20 já reinvidicando a participação das administrações nesse debate, pois é nas cidades onde vivem a imensa maioria das pessoas e onde acontecem a maior parte das emissões”, destacou o prefeito Geraldo Julio.

“O Recife é uma cidade onde um terço da população mora nas áreas de morro e o restante mora praticamente ao nível do mar, então esse enfrentamento é ainda mais importante. Procuramos apoio com metodologia internacional e fizemos um plano de redução das emissões e já fizemos a primeira aferição onde verificamos essa redução, com ações concretas de mitigação, resiliência e adaptação”, completou.

Participaram da Rodada de Prefeitos, além do prefeito Geraldo Julio, o prefeito de São Paulo, Bruno Covas, a adjunta para assuntos de áreas verdes, natureza e biodiversidade da Prefeitura de Paris, Penélope Komitès, o prefeito de La Paz, no México, Ruben Alvaréz, o governador de Abidjan, na Costa do Marfim, Beugré Mambé, Raquel Lyra, prefeita de Caruaru, entre outros.

assuntos

comece o dia bem informado: